Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Eu financiei a direita

Walfrido Warde ajudou a chocar o ovo do fascismo

Empresário de Boulos foi o quinto maior doador da campanha de Kim Kataguiri em 2018

conversa com roseann keennedy advogado walfrido warde 01

Na última semana, este Diário revelou, com exclusividade, que o empresário Walfrido Warde doou nada menos que R$5 mil para a campanha do hoje deputado federal Kim Kataguiri (Podemos), sendo o quinto maior doador de sua campanha. Até aí, não haveria novidades. Afinal, um empresário financiar a campanha de um direitista que se elegeu deputado é regra. Ainda mais alguém oriundo do Movimento Brasil Livre (MBL), que foi impulsionado pelos capitalistas justamente para ajudar na derrubada do governo de Dilma Rousseff.

O que chama a atenção neste caso é que Walfrido Warde é apontado por algumas figuras que se dizem de esquerda como uma pessoa “progressista”. Guilherme Boulos (PSOL), que trabalha em um instituto em que Warde é dono, se diz amigo pessoal do empresário e lhe rasga elogios. Juliane Furno, da Consulta Popular, idem. A presidente da União Nacional dos Estudante (UNE), embora não trabalhe diretamente para Warde, lhe elogiou recentemente.

Warde não apenas doou para a campanha de Kim Kataguiri, como também deu espaço para ele em sua organização, o Instituto para a Reforma das Relações entre Estado e Empresas (IREE). No esmo período em que era financiado para fazer campanha contra o PT, Kim Kataguiri foi agraciado com uma coluna no portal do IREE.

Ao financiar Kim Kataguiri e, ao mesmo tempo, Guilherme Boulos, Walfrido Warde não está sendo “plural” ou “democrático”. O que o financiamento do primeiro revela é que o financiamento do segundo apenas cumpre uma função de cooptação e corrupção da esquerda. Warde está diretamente ligado ao movimento do qual participaram todos os capitalistas no Brasil: o golpe de Estado de 2016.

Kim Kataguiri, inclusive, é a expressão da ala mais fascista do golpe de Estado. Sem dúvida alguma, ele, assim como o MBL e a revista Veja, foram parte dos principais difusores da campanha antipetista e anticomunista daquele período. Uma campanha, portanto, muito reacionária que desaguou no bolsonarismo. O financiamento de Kim Kataguiri, portanto, ajudou a chocar o ovo do fascismo no Brasil.

Junto a Kim Kataguiri, Warde mantém relações públicas com outros elementos do golpe de Estado. Entre eles, Sérgio Etchegoyen, ex=ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do governo Temer, Raul Jungmann, ex-ministro da Defesa de Temer, e Leandro Daiello, ex-chefe da Polícia Federal. Todos eles, diretores do IREE.

Walfrido Warde não é um “amigo” da esquerda. É uma figura do golpe de Estado, ligado à difusão das ideias mais perniciosas e às figuras mais sinistras, cujo único interesse na esquerda é o de submetê-la ao regime golpista.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.