Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Manifestações bolsonaristas

População não é criminosa, golpista e muito menos terrorista

Campanha da imprensa deve ser repudiada pela esquerda


Após o resultado das eleições brasileiras, ocorridas no domingo (31), grupos de bolsonaristas, sobretudo caminhoneiros, saíram às ruas em pequenas manifestações pelo País e bloquearam diversas estradas, fato que se mantém constante até meados da publicação deste artigo.

As manifestações, apesar de reacionárias, são legítimos protestos com reivindicações políticas. Do lado dos caminhoneiros, são pessoas confusas, que acreditam ter recebido verdadeiros benefícios durante o governo Bolsonaro com a propaganda, inclusive advinda da imprensa burguesa, contra o PT, Lula e seus governos.

O fato é que a direita tradicional começou a se posicionar contra esses movimentos, com governadores como Rodrigo Garcia, Cláudio Castro e Zema, ligados à direita e ao bolsonarismo, ordenando que a polícia militar reprimisse esses atos. Até mesmo Bolsonaro chegou a se posicionar contra, afirmando que esses são métodos da esquerda que sempre foram contraditórios com a direita.

Foi então que começou a histeria da esquerda acerca do movimento. De um dia pro outro, a esquerda pequeno-burguesa virou a grande representante da repressão no Brasil: afirmou que a polícia deveria, de fato, reprimir, chegando até mesmo a aplaudir a repressão da direita e incentivar essa por parte do povo. Guilherme Boulos, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), chegou até a ordenar que os integrantes de seu movimento fossem liberar as estradas na marra.

Na tarde de quarta-feira (02), um cidadão em Mirassol (SP) furou um bloqueio de bolsonaristas atropelando 17 pessoas, incluindo duas crianças. A esquerda entrou em parafuso se declarando a favor deste fato, apoiando um ato que beira o fascismo — um atropelamento deliberado de um grande grupo de pessoas.

Todos esses fatores são, para a esquerda, posições absurdas. Como pode essa ala da política brasileira, que em sua maioria se diz revolucionária, se tornar um dos principais disseminadores da repressão contra uma manifestação que utiliza métodos usados pela própria esquerda em seus protestos? O bloqueio de estrada, assim como as greves, têm o objetivo de incomodar e são tradicionalmente utilizados pela esquerda. Alguns até mesmo alegaram o “direito de ir e vir”, tradicional argumento da direita contra os bloqueios de estrada da esquerda.

Baderneiros, arruaceiros, fascistas, golpistas e até mesmo terroristas — a esquerda rotulou os manifestantes de todos esses nomes, e muito mais. Como alguém que está fazendo uma manifestação política e legítima, independentemente da ideologia reacionária desta, pode ser taxado de terrorista pela própria esquerda, outro argumento tradicional da direita, mais especificamente dos norte-americanos sobre os povos oprimidos que tentam defender seu território contra o imperialismo?

Essa posição, no entanto, fez com que diversos setores da esquerda pequeno-burguesa afirmassem que estamos indo a favor do Bolsonarismo, contra a luta contra os fascistas. Isso obviamente não é verdade — o problema de tudo isso é que os métodos que estão infelizmente sendo pregados pela esquerda não são uma verdadeira luta contra o bolsonarismo, mas sim um método fascista e que, no fim das contas, vai contra os princípios de uma esquerda revolucionária, sendo métodos efetivamente direitistas e até mesmo fascistas.

O verdadeiro método de luta seria esclarecer os trabalhadores que estão fazendo o bloqueio, afirmando que os programas sociais destinados a eles ou irão se manter ou irão ser melhorados, ressaltando ainda que Bolsonaro é seu verdadeiro inimigo, não Lula. Esse trabalho deveria ser feito pela CUT ou pelo próprio Lula, que precisa levar um programa claro para os trabalhadores.

Além disso, a esquerda também precisa ir para as ruas, mas não para furar os bloqueios, mas sim em contraposição com as manifestações a favor de Bolsonaro, reafirmando o apoio popular a Lula. Não é porque o presidente está eleito que a luta a favor de seu governo deve parar — muito pelo contrário, ela deve se intensificar para que Lula governe ao lado do povo e não seja assediado pela burguesia golpista que tenta se enfiar em sua campanha.

A esquerda precisa acordar para a situação política e parar de ser pega por políticas direitistas a torto e a direito. É preciso entender a confusão do povo e esclarecê-la para que este não seja pego pela histeria e polarização à direita, mas para que entenda a importância do governo Lula para o Brasil. 


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.