Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Abaixo o genocídio

Biden quer matar um milhão de crianças de fome no Afeganistão

Governo reacionário do país mais rico do Mundo está roubando bilhões do povo afegão que os invasores norte-americanos mantinham depositados no Federal Reserve


Depois de mais de 20 anos, de invasão do Afeganistão pelas tropas do exército mais poderoso e genocida do Mundo, seu valoroso povo que derrotou e expulsou os invasores está sendo vítima de um novo e duro golpe, da parte do governo Joe Biden, que a cada dia deixa claro seu caráter ultra reacionário.

Está em marcha uma operação criminosa que pode levar à fome extrema mais de 9 milhões de pessoas e  à morte mais de um milhão de crianças.

Depois de ser derrotado e expulso pela rebelião popular liderada pelo Taleban, o governo Biden mantém contra o Afeganistão um criminoso bloqueio (da mesma forma que faz contra Cuba, Venezuela Irã e outros países). Decidiu  “bloquear” (de fato, roubar) 7 bilhões de dólares de reservas do Banco Central do Afeganistão, mantidos em posse do Federal Reserve de Nova York, por imposição do governo invasor ao logo dos últimos 20 anos.

Cinicamente, o criminoso governo dos EUA, alega que vai dividir tais ativos entre as famílias das vítimas do 11 de setembro de 2001 e esforços “em benefício do povo afegão”, os quais ainda não foramespecificados.

O roubo não tem nenhum amparo legal. Nem mesmo na justiça imperialista dos Estados Unidos, o Afeganistão e seu povo foram condenados pelos atentados de 11 de setembro. A presença de Bin Laden no país não foi mais que um pretexto para invadir e saquear o País e impor a presença das tropas genocidas dos EUA naquela região estratégica.

Diversas organizações internacionais vêm denunciando que a devastação acentuada com a invasão levou quase 10 milhões de afegãos à beira da fome. “Para sobreviver, as pessoas estão queimando seus móveis e outros pertences para se aquecerem, ou vendendo o que têm para conseguir comida“.

Em uma carta a Biden em dezembro passado, 48 membros do Congresso dos EUA, clamam – em vão – para que o presidente  não prossiga com guerra econômica contra o povo do Afeganistão, mesmo que o Talibã esteja no poder e assinalam  que:

Funcionários das Nações Unidas estão alertando que milhões de afegãos podem ficar sem comida antes do inverno, com 1 milhão de crianças em risco de fome…

E desatacam que

Nenhum aumento na alimentação e na assistência médica pode compensar os danos macroeconômicos da disparada dos preços dos produtos básicos, um colapso bancário, uma crise na balança de pagamentos, um congelamento dos salários dos funcionários públicos e outras consequências graves que estão se espalhando por todo o Afeganistão… prejudicando os mais vulneráveis“.

A política de Biden aumenta o cerco contra o Afeganistão, onde 98% da população já vive com algum nível de desnutrição e impõe o risco de que 1 milhão de crianças morram de fome.

O imperialismo que adota tal politica, com o apoio até mesmo de setores da esquerda burguesa e pequeno-burguesa que lamentaram a vitória do Taleban e do povo afegão, sob uma falsa defesa dos direitos das mulheres, está organizando mais um genocídio, que mais uma vez vai ter como maiores vítimas as mulheres e seus filhos.

É preciso organizar uma ampla campanha internacional de denúncia da política genocida de Biden e de todo o imperialismo norte-americano e realizar atos e outras manifestações – convocando os trabalhadores e a juventude em todo o Mundo – a se levantar contra o genocídio.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.