Por quê estou vendo anúncios no DCO?

A farsa do combate ao Covid-19

Porto Seguro/BA: 148 mil habitantes e apenas 176 testes de Covid-19

O governo de direita de Porto Seguro/BA, um dos principais focos do vírus no estado, com uma grande população pobre e carente não realiza a principal medida de combate: testes


Da redação. Ao analisarmos o Boletim Epidemiológico apresentado pela prefeitura da cidade identificamos que não há nenhuma medida para evitar um desastre durante a pandemia do Covid-19. E a população está “a Deus dará”.

O Boletim Epidemiológico apresentado pela prefeitura revela que até agora foram realizados apenas 176 testes para identificar pessoas contaminadas pelo coronavírus desde a identificação do primeiro caso no país, no dia 26 de fevereiro e o primeiro caso na cidade que ocorreu no dia 16 de março.

O boletim aponta 18 casos confirmados, 138 casos descartados e 20 aguardando o resultado, somando esses números chegamos aos ridículos 176 exames realizados numa população de mais de 148 mil habitantes, ou seja, apenas 0,1% da população foi testada.

A principal medida para monitorar, controlar e planejar ações para dar assistência a população contra o coronavírus são os testes para identificar as pessoas que estão contaminadas. Os testes são a medida mais importante para auxiliar no diagnóstico de pacientes assintomáticos e antecipar possíveis complicações médicas, já que não há nenhuma condição do sistema de saúde em atender pacientes graves devido à falta de UTI e respiradores mecânicos.

Os testes para diagnosticar o Covid-19 tem que ser realizado em massa na população  já que a  doença na maioria dos casos não há nenhum sintoma, a própria Organização Mundial de Saúde (OMS) diz que 80% dos casos são assintomáticos, e a pessoa não sabendo que está contaminada não fica em isolamento e nem toma as medidas necessárias para não contaminar outras pessoas.

Porto Seguro é um dos principais focos de Covid-19 no Estado da Bahia e não realiza testes  na população. Hoje, somente pessoas influentes e ricas, e quem está em estado grave consegue realizar a testagem de coronavírus. Há muitos casos de pessoas com os todos os sintomas que não estão sendo testadas e são orientadas pelos órgãos de saúde a ficar em casa sem nenhum acampamento médico.

Enquanto isso, a direita tenta jogar a culpa na população afirmando que sair da casa é irresponsável e “amigo da morte” quando não há nenhuma medida pública para dar assistência a população. Setores da esquerda, como o Psol do município, vão no mesmo caminho com essa campanha e fazem coro com a direita e contribuem para esconder que os verdadeiros culpados são os empresários e a prefeitura.

Sem testes disponíveis para a população qualquer medida é apenas para fingir que estão fazendo alguma coisa e a quarentena vira uma mercadoria de luxo, onde só faz quem tem as condições como uma boa residência, num bairro com saneamento básico e com dinheiro para ficar sem trabalhar.

Essa situação não ocorre somente em Porto Seguro, o governo Bolsonaro e dos golpistas não estão interessados em ajudar a população e sim em salvar os empresários e banqueiros com o dinheiro público.

É preciso organizar a população trabalhadora que vivem nos bairros periféricos da cidade para exigir que a prefeitura faça testagem em massa da população. Sem essa medida a população pobre vai sofrer as consequências do coronavírus. Também é preciso exigir distribuição gratuita pela prefeitura de máscaras, luvas e álcool gel, cestas básicos e outras medidas como assistência aos moradores de rua.

A formação de Conselhos Populares para levantar necessidades, proteger os bairros pobres e realizar reivindicações são as ferramentas para enfrentar a crise econômica e sanitária que estamos vivendo.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.