Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Poeta da Vila

11/12/1910: 110 anos do nascimento de Noel Rosa

O compositor deu contribuição inestimável para o desenvolvimento da música popular


Há exatos 110 anos, no dia 11 de dezembro de 1910, nascia um dos mais importante compositores da música popular brasileira, Noel de Medeiros Rosa, ou simplesmente Noel Rosa. Nascido no Rio de Janeiro, no bairro de Vila Isabel, Noel talvez seja a maior influência no samba e na música brasileira.

Noel Rosa era filho da classe média carioca. De saúde frágil, ainda adolescente teve contato com a música, aprendendo a tocar bandolim e logo depois violão. Passou então a ser figura conhecida na boemia carioca.

Em 1931, ingressou na Faculdade de Medicina, mas os planos familiares de formar o jovem logo foram abandonados pelo próprio Noel, que passava noitadas em sambas e passou a compor suas primeiras canções.

Foi nos bares e nas rodas de samba que Noel se aproximou das principais figuras da música popular no Rio de Janeiro, tanto do morro como do “asfalto”. Conviveu com Cartola, Francisco Alves, Wilson Batista, Almirante, João de Barro e outros.

Foi justamente essa mistura social, entre a música feita pelos negros descendentes dos escravos e a classe média branca intelectual, que forma a própria síntese do que se conhece hoje como o samba, ou pelo menos de sua versão moderna.

Noel Rosa, por seu talento como compositor e sua capacidade de síntese entre os principais estilos da música popular da época, tem um papel primordial pelo que conhecemos hoje como o samba urbano, ou o samba propriamente dito.

Junto com outros compositores, cantores e instrumentistas populares da época, Noel também contribuiu para que o samba chegasse às rádios e atingisse o gosto da classe média, deixando de ser uma expressão exclusiva do morro.

Além disso, como compositor, Noel Rosa é um artista bastante inovador e moderno. Cronista e crítico da sociedade da época, seus sambas têm o grande mérito de ser um retrato da sociedade brasileira que se modernizava no início do século.

Na música popular, Noel também refletiu as inovações da vanguarda da intelectualidade brasileira que surgia na época. A poesia nas letras de seus sambas traz formas inovadoras e temas modernos: a industrialização, o nacionalismo, a cultura do povo, o humor.

Muito mais se poderia falar sobre a importância da obra de Noel Rosa. Sua música é influência obrigatória para toda a música popular que foi produzida e se consolidou no País no século XX. Pela própria importância da música popular brasileira, considerada entre as mais ricas do mundo, é possível afirmar sem exageros que Noel Rosa é essencial para a música popular internacional.

Toda a contribuição da produção artística de Noel Rosa se deu em apenas 8 anos desde que iniciou suas primeiras composições até sua morte prematura em 1937, ainda com 26 anos em decorrência da tuberculose.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.