Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Negos cada vez mais pobres

Temos a prova: o identitarismo não muda a vida do negro

Demagogia não enche barriga de ninguém, aliás, só dos oportunitas



Em recente pesquisa publicado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a segunda edição do Estudo de Desigualdade por Raça e Cor podemos comprovar que toda a demagogia em torno da população negra, nada de fato muda na vida do povo negro.

Enquanto Djamila Ribeiro faz propaganda para marca famosa de uísque e senta na primeira fila do desfile da Prada, enquanto Belchior recebe dinheiro de banco ou então o Itaú distribui bolsa universitária para negros e negras para pintar imagem de bom moço a população negra não só continua na miséria, como essa diferença entre os brancos aumentou ainda mais.

Na pesquisa apresentada pelo IBGE que compara dados dos anos de 2020  com o ano de 2021, além de renda de pessoas brancas serem 2 vezes maior que a dos negros essa diferença se acentuou durante a pandemia. Finalmente, ambas raças tiveram suas rendas diminuídas durante a pandemia, o que significa que a situação dos negros ficou ainda pior.

Em 2020 o rendimento mensal domiciliar per capita de foi de R$1986, enquanto de pretos foi de R$1058, em comparação a renda mensal domiciliar de 2021, os negros tiveram uma redução de (8.9%), os pardos foi de (8.6%, os brancos tiveram uma redução de (6%), ou seja, todo mundo empobreceu, mas os negros e pardos ficaram ainda mais pobres.

A pesquisa ainda aponta que dentro os mais pobres, a população negra continua com menor acesso as questão fundamentais para uma vida digna como emprego, educação e saneamento. Dentre os mais pobres, 74% são negros.

São os negros também que mais trabalham, mas que menos recebem. Vamos aos números: 53% do mercado de trabalho é formada por negros, mas em empregos menos remunerados, enquanto brancos são 45,2 do mercado, mas 69% estão em cargos superiores aos dos negros, ou sejam, ganham mais. 

Na questão da educação, o negro também teve um retrocesso maior em comparação a população branca,  pardos e pretos somam uma evasão escola de 28,7% , enquanto brancos foi de 6%.

Com esses novos dados apresentados pelo instituto, podemos constar o que um setor mais avançado da esquerda vem apontando, o identitarismo não muda absolutamente nada da vida da população negra. E na realidade, toda a demagogia com esse setor é só uma tentativa oportunista de disfarçar o aumento da degradação e da exploração dos negros.

A única saída para a população negra e a luta verdadeira pelos seus direitos, não a luta patrocinada por bancos e incorporações estrangeiras e televisionada por grandes imprensas burguesas ou filmes hollywoodianos. A verdadeira luta pelo fim da exploração, da repressão e pelo poder verdadeiro conquistado por um governo dos operários. 

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.