Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Têm o nosso apoio!

Referendos no Donbass são exercício do direito à autodeterminação

Donetsk, Lugansk, Kherson e a Zaporíjia libertada realizarão plebiscitos a partir de hoje até o dia 27 para adesão à Rússia; maioria da população dessas regiões apoia integração.


Está em marcha uma nova etapa da libertação das regiões de Donetsk e Lugansk, que compõem o Donbass, e se juntam a elas Kherson e Zaporizhia. As duas últimas foram recentemente libertas da dominação do governo fascista da Ucrânia e se uniram aos resistentes do Donbass para anunciar a realização de referendos populares para que suas populações decidam a respeito da integração de suas regiões à Rússia.

Vale lembrar que essa vontade já havia sido manifestada pelas populações do Donbass desde o início da resistência contra o governo golpista de Kiev ainda em 2014. Além de adotar uma política abertamente russofóbica que afetava diretamente uma enorme parcela da população ucraniana, o governo pró-imperialista lançou as milícias de extrema-direita, algumas assumidamente nazistas, contra a população dessas regiões fronteiriças à Rússia.

Os referendos estão previstos para ocorrer entre hoje e a próxima terça-feira, deixando o imperialismo em desespero. Entre os dias 13 e 14 deste mês, o Instituto de Pesquisas Políticas e Sociológicas da República da Crimeia realizou uma sondagem em relação à opinião da população das quatro regiões quanto à possibilidade de se integrarem à Rússia. A intenção de participar nos referendos atingiu porcentagens acima dos 70%, com pelo menos 80% de apoio à entrada na Rússia entre estes.

A avaliação da maioria das lideranças populares dessas regiões é de que se integrar ao território russo é crucial para proteger a população contra as marionetes do imperialismo que tomaram o governo de Ucrânia. Além disso, se trata de uma movimentação natural tendo em vista que compartilham da mesma língua e cultura, estando apartadas da Rússia há muito pouco tempo em termos históricos. A região do Donbass, por exemplo, teve enorme importância no processo de industrialização da União Soviética.

Não é por acaso que os soldados russos foram apoiados pela população dessas regiões quando avançaram contra as forças militares pró-Kiev, incluindo as diversas milícias fascistas que foram em grande medida esmagadas nesse processo. Para a imensa maioria do povo que vive ali, isso representou o despertar de um longo pesadelo que começou com o golpe de 2014.

Estamos diante de um importante exemplo de exercício do direito de autodeterminação dos povos. Evocado demagogicamente para apoiar aventuras do imperialismo no sentido de fragmentar países atrasados, esse direito é defendido agora numa trincheira real e em oposição ao imperialismo. Nossos correspondentes enviados esse ano ao Donbass conferiram isso pessoalmente e nos proporcionaram uma cobertura fiel dos acontecimentos. É preciso apoiar decididamente o direito das populações libertas de decidirem seu futuro.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.