Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Comunicação e luta

PCO se organiza e cresce pelos 4 cantos do mundo

A militância política é a nossa atividade fundamental


Em julho de 2019, na cidade de Frankfurt (Alemanha) o Partido da Causa Operária realizou a sua Primeira Conferência Internacional. Naquele momento, o camarada, militante e presidente do Comitê Central do partido, Rui Costa Pimenta, vinha de uma rodada internacional de palestras-debates, passando por mais de dez países. O golpe estava a pleno vapor, com Lula em prisão politica e o fascismo batia as portas do Brasil como uma ameaça real.

Era preciso organizar a resistência e denunciar o golpe de Estado, tanto em nosso País como no restante do mundo. O silêncio dos veículos de comunicação e a paralisia da esquerda eram gritantes. Como ante sala para este primeiro encontro entre os militantes internacionais do partido, o PCO já havia organizado também no exterior o curso ‘Fascismo: o que é e como combatê-lo” durante a 43ª Universidade de Férias no mês de janeiro do mesmo ano.

Foram inúmeras as manifestações pelo “FORA BOLSONARO”  dirigidas por nossos novos militantes internacionais, todos sem praticamente nenhuma experiência anterior, mas que contavam com todo o conhecimento acumulado, o apoio e a experiência do partido até que as mobilizações se espalharam por todo Brasil e também por todo o mundo. O partido está presente, por meio de seus militantes e simpatizantes, em diversos países da Europa, na América Latina, nos Estados Unidos e até mesmo em algumas regiões da Ásia.

Durante a crise do Covi-19, o testemunho e a orientação dos militantes espalhados pelos diversos países onde havia se iniciado anteriormente, foi de fundamental importância para determinar a política de ampla defesa da saúde e dos interesses da classe trabalhadora em confronto com a política de capitulação do “fica em casa”  adotada pelos demais partidos em praticamente todo o mundo.

Durante as eleições de 2022, embora ofuscada pela gigantesca atividade do partido no Brasil e também dos militantes do PT no exterior, a célula internacional do PCO não deixou de cumprir com as suas obrigações de luta. Além de defendermos o “Lula Presidente – Por um Governo dos Trabalhadores” e com um programa de reivindicações da classe trabalhadora, (é importante lembrar que em praticamente nenhum outro país, existe sequer um candidato operário), também fizemos uma intensa atividade de panfletagem e arrecadação de fundos para a campanha no Brasil. Chegamos inclusive a realizar atividades de panfletagem de boca de urna durante as votações no exterior, onde esta prática tradicional das  candidaturas populares não pode ser proibida pela ditadura do TSE.

Durante as eleições aproveitamos também a oportunidade para defender a política do partido, denunciar o STF e convocar os simpatizantes do partido a se unirem em nossas lutas. Como dizia uma de nossas campanhas:

“Quem bate cartão não vota em patrão! A eleição não é a única ferramenta  à nossa disposição para a defesa dos interesses da classe trabalhadora. A organização independente e a militância política são as nossas armas mais importantes: diante dos ataques do STF contra o PCO, é preciso reconhecer que estamos em guerra. Estamos em guerra, entre outras coisas, em defesa da liberdade de expressão. E, nesse sentido, precisamos de um fundo de guerra. Participe da luta, entre em contato, conheça e contribua com o PCO.“

Os militantes do PCO espalhados pelo mundo também participam ativamente das diversas lutas anti-imperialistas e de defesa dos interesses da classe trabalhadora em seus respectivos países de residência e trazem, com exclusividade, o que é destaque no exterior para o nosso programa semanal (toda sexta-feira, às 16h) na COTV, o Correspondente Internacional.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.