Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Sofia Manzano

Os “comunistas” dedos-duros e sem senso de humor

Enquanto Bolsonaro mobiliza sua base social, a esquerda tenta combatê-lo não mobilizando a sua, mas acionando a justiça burguesa


É o fim da picada, a esquerda embarcou no bonde do punitivismo e só quer saber de processar, prender, cancelar. A coisa está ficando ridícula. A Folha de S.Paulo noticiou que a presidenciável do PCB, “Sofia Manzano os candidatos a deputado federal José Américo e Orlando Silva, da federação Brasil Esperança (PT, PC do B e PV), entraram com uma representação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) por causa do material de divulgação que faz trocadilho com o movimento supremacista americano Ku Klux Klan” chamando um ato com seus apoiadores de “cuscuz clan”.

Pois bem, devemos imaginar, portanto, que os ilustres também processem o cantor Chico César, pois, em 1996, o artista lançou um álbum que se chamava Cuscuz Clã. E agora?

Chico César
Álbum de Chico César: Cuscuz Clã (1996)

A representação foi protocolada por três advogados. Um deles se chama Silvio Luiz Almeida que, caso não seja homônimo, trata-se do autor do livro ‘Racismo Estrutural’, um que está recheado de imprecisões e falhas argumentativas, tema que trataremos em outra ocasião. Imaginamos que o advogado não dirá que Chico César, que por acaso é negro, terá se valido de ‘discurso de ódio’.

Toda essa histeria é por conta de um material de campanha de Bolsonaro que tripudiou em cima de uma frase de Lula, que disse que o comício dos bolsonaristas no 7 de Setembro parecia uma reunião da Ku Klux Klan (KKK): “O ato do Bolsonaro parecia uma reunião da Ku Klux Klan, só faltou o capuz”.

panfleto
O motivo da histeria da esquerda sem senso de humor

O que Bolsonaro fez foi aproveitar a fala de Lula para faturar em cima. Faz parte do jogo político. Ademais, estava na cara que não passava de uma gozação.

Esquerda judicializada

A esquerda é refém da direita, age de maneira idêntica a ela. De uns tempos para cá, a burguesia tem usado o judiciário para perseguir políticos e até aplicar golpes de Estado. Em vez de denunciar as infindáveis arbitrariedades judiciárias, a esquerda acaba agindo imitando.

A esquerda, que historicamente combateu o encarceramento, tem pedido prisão para tudo, principalmente seus desafetos, como Daniel Silveira, Sara Winter, Roberto Jefferson… É uma direitização sem precedentes. A esquerda só não percebeu que esse tipo de prisão é até benéfica para a direita, que se livra de elementos indesejáveis de suas fileiras.

Muito desse punitivismo é resultado da infiltração do identitarismo na esquerda que quer prisão para crimes que nem são tipificados, como discurso de ódio, homofobia. Muitas vezes os tribunais fazem malabarismo para tentar enquadrar esses ‘crimes’ como crime de racismo. O que é o caso do youtuber Monark, acusando injustamente de fazer apologia ao nazismo.

A ordem é punir

A loucura punitivista-identitária chegou a tal ponto, que não se pode falar mais nada. A liberdade de expressão foi banida do dicionário dessa ‘nova’ esquerda.

Recentemente, um deputado de direita falou para a jornalista Vera Magalhães que ela era uma vergonha para o jornalismo. Isso bastou para gerar uma onda de indignação na esquerda que quer a cassação do indivíduo. Mas, a tal Vera Magalhães é mesmo uma vergonha, é uma direitista, golpista, que tripudiou sobre o velório de Marisa Letícia, quando disse que Lula teria usado a ocasião para fazer discurso político. É simplesmente inacreditável.

A esquerda perdeu a noção da realidade e não tem qualquer senso de humor, a vida para essa gente deve ser muito chata. Não se pode falar nada, tudo vira ofensa, crime e motivo para se prender. Humoristas estão sob constante ameaça.

Recentemente, a morte de Jô Soares provocou uma onda de homenagens nas redes sociais, mas se fizesse o humor que o consagrou nos dias de hoje, seguramente seria cancelado e jogado à fogueira.

Está na hora de a esquerda voltar para a realidade, defender suas bandeiras históricas, como a liberdade de expressão, denunciar os desmandos do Judiciário e, sobretudo, voltar a sorrir. Toda essa cara feia deve fazer mal à saúde.

Infelizmente, mais uma vez, tem gente no nosso campo fazendo papel ridículo. E isso, queiramos ou não, dá mais munição para a direita que, além de ter sequestrado as ruas, fingir defender o Estado nacional, aparecer como antissistema, vai levar de bandeja até o bom humor.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.