Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Golpe militar

Ignorando o povo, golpistas peruanos aprovam eleição só em 2024

Como se trata de uma reforma constitucional, o projeto de lei ainda precisa em uma nova rodada de votação para ser implementado de fato


Brasil de Fato O Congresso peruano aprovou, na noite de terça-feira (20), antecipar as eleições gerais de 2026 para abril de 2024. Como se trata de uma reforma constitucional, o projeto de lei ainda precisa em uma nova rodada de votação para ser implementado de fato. A medida é uma tentativa de acalmar o país após dias de greves, protestos e mobilizações que já resultaram em mais de duas dezenas de mortos.

A proposta precisava de 87 votos para ser aprovada e acabou tendo 93 votos favoráveis, 30 contrários e uma abstenção.

Partidos de esquerda, como o Peru Livre, defendiam a realização das eleições em abril de 2023 e a realização de uma Assembleia Constitucional para reformular a Carta Magna do país. A mudança da Constituição do país era uma das bandeiras do presidente Pedro Castillo.

O Peru aprofundou sua crise política após o então presidente Castillo tentar dissolver o Congresso momentos antes da votação de um pedido de impeachment contra seu governo. Castillo terminou afastado e preso, e a atual presidenta é Dina Boluarte, sua vice.

Movimentos populares exigem a liberdade para Castillo e fazem uma vigília nas proximidades da prisão de Barbadillo, onde o ex-presidente está detido. Castillo está preso desde 7 de dezembro e, na semana passada, ele foi sentenciado à prisão preventiva por 18 meses.

“Você provavelmente está se perguntando quem me pagou para estar aqui”, disse um homem de 40 anos que integra a vigília por Castillo ao Peoples Dispatch. “Bem, ninguém me pagou para estar aqui. Estamos fazendo isso porque nossos corações estão com a pátria, porque quero que meu Peru mude, porque um governo que estava tentando fazer isso foi derrubado injustamente”.

De acordo com o jornal El Comercio, a próxima votação para a antecipação da eleição acontecerá após a posse da próxima legislatura, no dia 15 de março. 

Asilo no México e expulsão de embaixador

O México decidiu ofertar asilo político à família de Castillo e o presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, vem defendendo o líder deposto, a quem chamou de “presidente” mesmo após sua destituição.

“Temos as portas do México abertas para Pedro Castillo, para sua família e para todos aqueles que se sentem molestados ou perseguidos no Peru. Essa é a nossa tradição de política externa”, disse Obrador na segunda-feira (19).

As manifestações mexicanas não alegraram as atuais autoridades do Peru. Na terça-feira (20), o Ministério das Relações Exteriores do Peru declarou o embaixador do México no país, Pablo Monroy Conesa, persona non-grata e ordenou que ele deixasse o país dentro de três dias.

“Esta decisão foi tomada em resposta a repetidas declarações do presidente dos Estados Unidos Mexicanos, Andrés Manuel López Obrador, sobre a situação política no Peru, o que constitui uma interferência inaceitável nos assuntos internos”, afirmou a chancelaria peruana em nota.

Ainda que pretenda manter o ex-presidente no país, o governo que tomou o poder no Peru anunciou que fornecerá um salvo-conduto para que a família de Castillo deixe o país para que possa ir ao México.

* Os artigos aqui reproduzidos não expressam necessariamente a opinião deste Diário

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.