Por quê estou vendo anúncios no DCO?

GREVE

Crise social aumenta na Alemanha com greve de metalúrgicos

Trabalhadores europeus se voltam contra a política de arrocho do imperialismo.


A Europa vive uma temporada de intensa onda de insatisfação popular. Greves multiplicam-se a todo momento por vários países do continente. Depois de uma greve geral na França e uma série de greves no Reino Unido, manifestações em Praga, chega a vez da Alemanha.

Diante de frustradas negociações entre os representantes dos trabalhadores e os patrões, operários da indústria elétrica e do setor metalúrgico alemão, cerca de 3,8 milhões  de trabalhadores, organizados pelo sindicato da categoria, o Ig Metall, lançaram no último dia 29, um movimento grevista para exigir alta salarial de pelo menos 8% que possa recompor a intensa corrosão inflacionária atual, que já chega a índices de 10%.

Por volta de dois mil trabalhadores do setor realizaram a chamada “greve de advertência”, greves de curta duração que costumam anteceder as negociações do sindicato.  O movimento grevista dos metalúrgicos não tem data definida para acabar e espera negociações marcadas para o dia 10 de novembro.

A alta da inflação na Europa vem em contínuo disparo e  tem como mola propulsora a alta dos preços da energia elétrica  que já registra um índice de mais de 40% e está diretamente ligada às sanções econômicas obrigadas pelos Estados Unidos à Rússia que em retaliação ao tratamento injusto cortou o fornecimento de gás natural para o continente. A dependência do gás natural russo chega a 80%do fornecimento em alguns países europeus.

A alta da energia vem encarecendo exponencialmente o custo da produção, provocando uma inflação generalizada. As sanções econômicas da Europa à Rússia tem sido “um tiro no pé” da própria Europa. A inflação e desindustrialização decorrente da redução de oferta na matriz energética europeia abastecida prioritariamente pelo gás natural tem se convertido em um verdadeiro barril de pólvora.

O inverno ainda nem chegou , a previsão para essa temporada é de que muitos europeus não consigam pagar o custo da energia necessária para o uso do aquecedor, o que deverá deixar a situação ainda mais em polvorosa.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.