Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Devastação neoliberal

Não há mais remédios para tratamento de câncer

Informações são do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen)


O Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen) veio a público informar que alguns radiofármacos fundamentais para o diagnóstico e tratamento do câncer deixaram de ser produzidos nesta segunda-feira (20) por falta de insumos, constituindo apenas mais um episódio da história deprimente que vive o sistema de saúde do Brasil após o golpe de 2016. Com a paralisação, há risco de desabastecimento por algumas semanas.

O último carregamento de iodo, muito usado no tratamento do câncer da tireoide, foi entregue hoje, e o fornecimento de Lutécio 177, usado no tratamento de tumor neuroendócrino foi suspenso. O Ipen importa radioisótopos da África do Sul, Holanda e Rússia, além de adquirir insumos nacionais para produção de radioisótopos e radiofármacos utilizados no tratamento do câncer.  O material também é usado na radioterapia e exames de diagnóstico por imagem, entre outros.

De acordo com o presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear (SBMN), todos os ministérios foram procurados para tentar resolver o problema, mas não houve respostas até o momento. O Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) disse que continua aguardando a votação do PLN 16/2021, que amplia o orçamento do Ipen, ou seja, é preciso esperar o tempo incerto do trâmite de um projeto no Congresso para dar continuidade aos tratamentos de câncer no País. O Ipen fabrica 25 diferentes radiofármacos ou 85% do fornecimento nacional, para manter a produção, o órgão aguarda a aprovação desse Projeto de Lei.

Isso é devido à política neoliberal de privatização gradual da saúde, fechamento de instalações públicas e o congelamento de verbas para a saúde durante 20 anos, que foi aplicada desde o governo Temer e continua com o governo Bolsonaro e que será continuada caso Bolsonaro se reeleja ou caso a burguesia consiga colocar a terceira via no seu lugar.

O atual governo golpista teria conhecimento dessa situação desde o início do ano, pois no momento em que aprovaram o orçamento, o Ipen informou que só teria recursos até agosto. Porém como um típico governo fascista que atende apenas as posições burguesas, ignorou completamente esta informação, incentivando o desabastecimento de hospitais e clínicas nas próximas semanas e impulsionando maior desamparo de pacientes, além daqueles que já vem sofrendo com o Coronavírus.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.