Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Serguei Lavrov

EUA especula sobre a guerra para desviar atenção do Oriente Médio

"Americanos e europeus especulam grosseiramente sobre o tema ucraniano, tentando com chantagem e ameaças atrair os países, e assim desviar a atenção do Oriente Médio"

Os Estados Unidos e Europa especulam grosseiramente sobre o tema do conflito ucraniano, tentando com ameaças atrair para seu lado os países em desenvolvimento e desviar sua atenção do Oriente Médio, disse o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, nesta terça-feira (25) durante uma reunião do Conselho de Segurança da ONU.

Americanos e europeus especulam grosseiramente sobre o tema ucraniano, tentando com chantagem e ameaças atrair os países em desenvolvimento para o seu lado e, assim, desviar sua atenção dos problemas do Oriente Médio e outras regiões do Sul Global: então, agora vamos vencer a Rússia, e tudo se resolverá”, observou Lavrov na reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre a situação no Oriente Médio.

“Assim, as crises, que os países em desenvolvimento estão interessados em resolver, são vítimas dos padrões duplos e dos instintos coloniais do Ocidente, que está obcecado com interesses egoístas para ditar suas demandas ao mundo inteiro, ignorando as culturas e tradições de outros povos, e em geral zombando do direito internacional“, enfatizou ele.
O Oriente Médio está passando por uma transformação à medida que as relações entre Estados melhoram e esforços extras são feitos para resolver conflitos, afirmou o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov.
O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse que os eventos na Cisjordânia, Faixa de Gaza e Jerusalém Oriental elevaram as tensões na região a um nível extremamente perigoso.

“Os eventos na Cisjordânia, Faixa de Gaza, Jerusalém Oriental, bem como na linha de desengajamento entre Israel, Líbano e Síria, elevaram as tensões a um nível extremamente perigoso“, disse o ministro, falando em uma reunião aberta do Conselho de Segurança da ONU sobre a situação no Oriente Médio, incluindo a questão palestina.

Por sua vez, Rússia pede ao secretário-geral da ONU, António Guterres, que preste mais atenção à regulação palestino-israelense e reúna um “quarteto” de mediadores composto pela Rússia, Estados Unidos, União Europeia e ONU, afirmou o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov.

“Gostaríamos também que o secretário-geral fosse mais ativo em suas funções como moderador do ‘quarteto’, sem esperar que uma ‘permissão’ seja recebida“, declarou o chanceler russo durante a reunião do Conselho de Segurança da ONU.

Segundo Lavrov, em vez de “ajudar a restaurar o horizonte político”, os EUA e a UE “continuam as tentativas destrutivas de substituir a paz real por alguns paliativos econômicos e de promover a normalização árabe-israelense, contornando uma solução justa para o problema palestino e a Iniciativa de Paz Árabe”.
Ele também afirmou que a Rússia deseja que os movimentos palestinos “se elevem acima das ambições partidárias e se reúnam em torno da plataforma política da Organização de Libertação da Palestina”.

“Isso permitirá melhorar a situação socioeconômica, fortalecer as instituições administrativas e ficarem prontos para negociar com Israel já em nome de todo o povo palestino”, acrescentou o ministro.

Fonte: Sputnik

*Os artigos aqui reproduzidos não expressam necessariamente a opinião deste Diário

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.