Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Suposta traição

Começou a campanha para impedir Neymar de ganhar a bola de ouro?

Escândalo vazado por uma coluna de fofocas do jornal Metrópoles vem em momento bastante conveniente, quando Cristiano Ronaldo e Lionel Messi abandonaram o futebol europeu

Uma vez mais, Neymar Jr. se tornou alvo de uma campanha virulenta da imprensa. O craque, que está sem jogar desde fevereiro por sofrer mais uma contusão dos brutamontes do futebol europeu, estava afastado dos holofotes. Mas conforme a sua saúde melhora, os inimigos do futebol brasileiro já iniciaram um novo bombardeio.

E qual seria o novo “escândalo”? Neymar teria traído a sua atual namorada Bruna Biancardi em sua casa de praia em Mangaratiba. Apenas no dia de hoje (18), já foram publicadas nada menos que três matérias sobre o assunto no portal Metrópoles.

O escândalo acontece em um momento muito conveniente para os inimigos de Neymar. Os dois trunfos mitos pela imprensa, Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, jogadores medíocres que foram alçados como “melhores do mundo”, acabaram de abandonar o futebol europeu para ganhar salários ainda mais altos em seu fim de carreira. Na prática, se aposentaram, deram fim às suas trajetórias em campeonatos de destaque. Messi irá para a sofrível liga norte-americana, enquanto Cristiano Ronaldo jogará no incipiente campeonato árabe.

Neymar, portanto, não tem mais seus tradicionais concorrentes impulsionados pela imprensa. Outros jogadores visivelmente queridos pelos grandes capitalistas, como Haaland ou Mbappe, apesar de toda a campanha em seu favor, não têm condição alguma de serem comparados ao craque brasileiro. Não há ninguém que agora possa tirar o seu lugar de melhor do mundo, não importa o esforço que se faça.

Aqui é preciso lembrar toda a campanha sórdida que a imprensa vem realizando contra Neymar. Para os que têm a memória mais fraca, basta recordar a Copa do Mundo de 2022, quando o melhor jogador da Seleção era atacado diariamente por quase todos os jornais do País. A campanha chegou ao ponto de setores comemorarem a sua contusão no jogo contra a Sérvia. O colunista Walter Casagrande, da Folha de S.Paulo, parecia ter sido contratado não como jornalista, parecia ter sido contratado unicamente para atacar o craque e a seleção brasileira.

A campanha da imprensa não acontecia apenas difamando o jogador em campo, houve também os ataques morais. Um muito importante, e muito semelhante ao atual, foi o caso Najila. Neymar foi acusado de ter estuprado a moça e foi escrachado em toda a imprensa. Passadas poucas semanas, foi provado, inclusive com vídeos, que tudo era uma farsa.

Os ataques morais são o método tradicional a burguesia para atacar alguém que não pode ser atacada em seu campo de atuação – neste caso, o futebol. Como não podem acusar Neymar de jogar mal, acusam-no de sonegar impostos, ser infiel à sua companheira, de ser indisciplinado… enfim, de tudo. Só não conseguem esconder que ele é a maior expressão em atividade do futebol arte.

As informações deste caso acabaram de chegar – não há nada de concreto que de fato indique a tal traição. Vale lembrar inclusive, que o mesmo boato já foi difundido em 2022 e desmentido pela própria Bruna Biancardi. E mesmo que seja provada a traição, isso não diz respeito à sua atuação. Neymar é jogador de futebol, não é padre. Contudo, esse tipo de campanha tem como objetivo desestabilizar o jogador, fazer com que o seu psicológico influa no seu desempenho e colocar a opinião pública contra o craque, de modo que se torne mais “aceitável” que o craque não seja considerado o melhor do mundo.

Aos 30 anos, Neymar ainda tem muito shows a realizar. Vale lembrar que o Rei Pelé jogou a Copa do Mundo de 1970 com essa idade. Com o caminho livre para brilhar, Neymar provavelmente se tornará ainda mais alvo de ataques da imprensa imperialista, que na verdade tem como objetivo a diminuição do futebol brasileiro, e fará de tudo para que o craque nunca ganhe uma Bola de Ouro – isto é, que nunca se consagre como melhor do mundo.

É preciso denunciar desde já essa campanha e torcer para que Neymar ainda dê muita alegria para os 212 milhões de brasileiros.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.