Por quê estou vendo anúncios no DCO?

50 anos

A “democracia” dos EUA articulou a sangrenta ditadura de Pinochet

No dia do golpe, orientados pelos EUA, os militares chilenos bombardearam a sede do poder executivo chileno, o Palácio de La Moneda, com o presidente Allende dentro

Neste dia 11, completam-se 50 anos de um dos episódios mais tenebrosos da história latino-americana: o golpe do Chile. Arquitetado pelo imperialismo norte-americano, o então democrático general Augusto Pinochet comandou uma operação de guerra para destituir o então presidente Salvador Allende e consolidar a ditadura que se estabeleceria a partir de então.

No dia do golpe, orientados pelos EUA, os militares chilenos bombardearam a sede do poder executivo chileno, o Palácio de La Moneda, com o presidente Allende dentro. O então mandatário do país morreria no ataque, tendo anunciado instantes antes a marcha do golpe em transmissão de rádio ao país:

“O capital estrangeiro e o imperialismo, juntamente com a reação, criaram o clima para que as Forças Armadas rompessem com a sua tradição (…) para continuar a defender os lucros e os privilégios”, disse. Pouco depois, Allende seria morto.

A ação dos golpistas começou na cidade litorânea de Valparaíso (116 km da capital Santiago), com a Marinha iniciando as operações na madrugada de 11 de setembro. Na capital, a operação fora comandada pelo próprio Pinochet. Confrontos explodiram nas ruas, nos bairros operários e nas fábricas ocupadas pela reação espontânea e desorganizada dos resistentes, que, sem ajuda do governo por eles eleito, tentava impedir a concretização do golpe. Em vão.

O ataque ao Palácio de La Moneda, para onde Allende se dirigiu e acabou morto, completou a vitória da burguesia e do imperialismo sobre os trabalhadores chilenos. Com o sucesso do golpe, 17 anos de um regime de terror seria iniciado, sustentado por métodos típicos de guerra civil, com execuções sumárias e em massa, tortura em escala industrial, perseguição implacável a líderes operários, a membros do governo deposto, dissolução dos sindicatos e partidos, revogação de todos os direitos trabalhistas (entre os quais a previdência pública) e censura marcariam este novo período. Pelo menos 3.621 mulheres foram presas, das quais 3.399 denunciaram ter sido vítima de estupros, com 300 grávidas, segundo a chocante denúncia apresentada à Comissão Valech, instituída para investigar os crimes da ditadura chilena.

Somado a estes crimes, no campo da economia, a ditadura chilena se notabiliza pela aplicação feroz da nascente política econômica neoliberal, já na época marcada por ataques aos direitos trabalhistas e escancaramento da economia nacional à sanha das potências imperialistas. A previdência social, então estatal, foi privatizada, sendo o ponto central da crise social que ainda hoje tem reflexos trágicos no país, campeão de suicídios entre idosos.

Líder da coalizão Unidade Popular (união entre os partidos Socialista e Comunista), Allende foi eleito com mais de 1 milhão de votos (36,62% do total, ligeiramente superior a 2,9 milhões de eleitores). Apesar do programa de reformas ambicioso, prevendo a nacionalização de recursos naturais como o cobre, o governo nada conseguiu fazer para impedir o golpe. No caminho inverso, empossou como comandante das forças armadas alguém até então apresentado como um “legalista” e democrático, o mesmo Pinochet que comandaria uma das mais brutais ditaduras militares do século.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.