Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Joao Vitor Dauzaker

Eleição de 2022

São Paulo foi decisivo para a vitória de Lula

Alimentar a campanha contra os "paulistas" não é uma campanha contra a burguesia paulista


Ao contrário do que a campanha petista vinha propagando, de que o Nordeste era em sua maioria de esquerda, e simplesmente elegeria Lula, foi necessário superar a situação anterior do 1º turno e obter mais votos no Sudeste, em especial em São Paulo, para eleger Lula presidente. 

Na realidade, a mudança da situação na região com o aumento de votos foi necessária para a vitória contra Bolsonaro. O ainda presidente perdeu cerca de 1,1 milhão de votos no estado nestes últimos quatro anos. Por outro lado, a votação no PT cresceu de 7,2 milhões em 2018 para 11,5 milhões neste ano. Um aumento de 4,3 milhões de votos. 

Na internet circula esse mapa eleitoral para justificar a campanha contra os residentes dos estados do sudeste. 

Essa imagem, por exemplo, demonstra uma falsidade. Apresenta um país que as regiões estão divididas politicamente em absoluto. Segundo se poderia entender da imagem, onde é vermelho todos votaram em Lula e onde é azul votaram em Bolsonaro. 

Esse tipo de ideia alimenta a campanha de que as pessoas de São Paulo são direitistas e explicaria o fato do domínio do PSDB por décadas no estado. Desconsideram, neste sentido, que São Paulo abriga a maior parte da classe operária brasileira. Daí surgem as maiores loucuras políticas. 

Essa ideia, no entanto, é completamente falsa. Nesta eleição, Lula ganhou em São Paulo, isto é, a maior e mais importante cidade do país e uma das mais importantes do mundo inteiro. Muitas cidades da grande São Paulo, que compreendem uma população de trabalhadores imensa, deram vitória a Lula. 

Essa ideia, como a que a imagem indica, induz a divisão do país por regiões, ignorando que as regiões também estão divididas em várias proporções. 

A atual situação no sudeste revela, na verdade, que Lula perdeu votos de parte da classe trabalhadora para o bolsonarismo e isso é motivo de termos muito maior apreensão. Essa situação enfraquecerá o próximo governo Lula e trará problemas. 

A análise da eleição não pode simplesmente recorrer ao caráter regional. A política do PT nos anos de governo e diante do golpe de Estado não foi capaz de atrair o apoio dessa parcela importante da classe trabalhadora. 

Isso deve ser considerado nessa análise. 

A região sudeste, mas São Paulo em especial, compreende a maior parte da classe operária brasileira e alimentar um preconceito, uma campanha contra os paulistas, não é uma oposição à burguesia paulista (como acreditam alguns esquerdistas), mas um ataque frontal ao berço da classe operária brasileira. Que interessa, justamente, à burguesia, seja ela paulista, brasileira e, especialmente, internacional.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.