Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Prejuízo para a burguesia

Por que burguesia quis o fim da mobilização dos caminhoneiros?

Os manifestantes que estão bloqueando as rodovias são, em sua maioria, eleitores de Bolsonaro da classe trabalhadora.


A Confederação Nacional da Indústria (CNI) emitiu um alerta de risco de desabastecimento e falta de combustível caso as rodovias não sejam liberadas logo. A saída e a entrada de produtos fabricados na indústria já estão sendo afetadas, inclusive o deslocamento dos operários. Transporte de cargas essenciais, insumos para hospitais, matérias-primas para a indústria, tudo está correndo risco de redução drástica, pois 99% das empresas brasileiras usam as rodovias para esse transporte.

A CNI informou em seu portal que a burguesia industrial é contra as manifestações, pois elas afetam os seus negócios e geram prejuízo direto para ela, a única preocupação é o lucro. Diz, além disso, que “A CNI é veementemente contrária a qualquer manifestação antidemocrática que prejudique o país e sua população”.

Destaca também no alerta que “mantém permanente contato com representações setoriais e estaduais a fim de monitorar os impactos dos bloqueios sobre as atividades produtivas do País, bem como interlocução direta com as instituições competentes visando à célere liberação de rodovias federais e estaduais, com a observância da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF)”. 

A CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) igualmente informou que pode ter prejuízos diários superiores a  R$ 1,8 bilhão, valor registrado na paralisação feita há 4 anos. Adicionado a isso, informam também que, devido aos impactos causados pela pandemia, estão com estoques em baixa e precisam de reposições constantes, o que está sendo prejudicado já por esse pouco tempo de bloqueios.

“Setores especializados na comercialização de produtos perecíveis tendem, inicialmente, a ser os mais impactados em razão da velocidade mais alta com a qual ‘giram’ esses estoques”, afirma a entidade.

A burguesia industrial informou que em 2018 houve um aviso prévio de que haveria paralisações e bloqueios e que, naquela época, ela teve tempo para estocar o que pudesse por um determinado tempo. Dessa vez não teve aviso nenhum, foi tudo feito de imediato o que pegou toda a burguesia desprevenida. Os prejuízos podem ser catastróficos. Os produtores de frango e suínos informam que os animais já estão sem alimentação e correm risco de morte e cerca de 45% dos empregados já não estão indo trabalhar normalmente.

O governo de Santa Catarina estima prejuízo de até R $36,8 milhões por dia nos setores de suínos e aves. O estado lidera na quantidade de vias total ou parcialmente interditadas, com 36 ocorrências, segundo última atualização da Polícia Rodoviária Federal.

A burguesia não quer pagar a conta por causa do prejuízo causado por manifestações populares, na verdade nem mesmo por qualquer motivo que seja, como foi o caso da pandemia quando os trabalhadores desses setores foram trabalhar normalmente, se arriscaram e muitos morreram. Também não está disposta a pagar a conta resultante desse caos para reconduzir Bolsonaro à presidência.

Bolsonaro disse em entrevista, direcionado aos manifestantes, para não usarem o mesmo modo da esquerda, que se utiliza de bloqueios de rodovias, com é o caso do MST, e dos indígenas. Uma prova patente de que as manifestações estão sendo feitas por trabalhadores que votaram em Bolsonaro. Não fazem parte da burguesia e não perceberam que Bolsonaro governa para a burguesia.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.