Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Zona Norte

PM toca o terror ao invadir favela no Rio de Janeiro

Moradores denunciam clima de repressão na manhã desta quinta-feira


Operação do 9° Batalhão da Polícia Militar (Rocha Miranda) do Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira (23), aterrorizou os moradores do Morro do Fubá, no Campinho, na Zona Norte da capital fluminense.

A desculpa, como sempre, foi combater o narcotráfico.

“Mais um dia tendo como despertador tiros e guerra”, disse uma moradora nas redes sociais, como informa o jornal golpista O Globo. “Chuva de tiros no morro do Fubá no Campinho, guerra entre tráfico, milícia e polícia”, comentou outra.

Houve um intenso tiroteio e também foi usado um helicóptero por parte da PM.

A polícia serve para isto: aterrorizar a população pobre. Utiliza mil e uma justificativas: crimes pequenos, tráfico de drogas, bailes funk.

Trata-se de um aparelho de repressão assassina contra o povo. É preciso expulsar a polícia das favelas e morros. É preciso lutar pelo fim das polícias, pela constituição de comitês de autodefesa dos trabalhadores como embriões de milícias populares e também lutar pelo direito democrático ao armamento das amplas massas exploradas.

Leia da edição de hoje do DCO:


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.