Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Obrigado por tudo

Força Rei!

Nossas saudações ao autêntico herói do povo brasileiro por suas realizações na arte do esporte mais querido da classe operária e de todos os povos oprimidos


Aos 82 anos, internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, o maior jogador de futebol de todos os tempos, eleito o Atleta do Século XX pelo Comitê Olímpico Internacional, Edson Arantes do Nascimento, Pelé, está em uma luta entre a vida e a morte, no momento em que mais de 200 milhões de brasileiros e bilhões de pessoas em todo o Mundo, principalmente dos países oprimidos, se preparam para torcer para que o Brasil ultrapasse no dia de hoje seu primeiro jogo da eliminatória na Copa do Catar e avance em direção à conquista do hexacampeonato.

Apreensão

Como sempre acontece nestes momentos, ainda mais, diante de uma figura de expressão mundial como Pelé, as informações muitas das vezes são desencontradas e, ao mesmo tempo em que se emitem comunicados que assinalam a gravidade da sua situação, no enfrentamento do tratamento do câncer de cólon com o qual foi diagnosticado em 2021, há mensagens que procuram alentar as expectativas de melhoras, como a mensagem postada no último sábado pelo próprio Rei em resposta às dezenas de milhares de mensagens  de apoio recebidas.

“Eu tenho muita fé em Deus e cada mensagem de amor que recebo de vocês, vindas do mundo inteiro, me mantém cheio de energias. E assistir o Brasil na Copa do Mundo também! “

Pouco antes da mensagem do próprio Pelé, um boletim médico divulgado pelo Albert Einstein informou que o ex-jogador de futebol segue em situação estável e respondendo bem aos procedimentos para tratar sua infecção respiratória.

Ao contrário de poucas figuras que tiveram algum destaque no futebol e torcem claramente pelo fracasso do Brasil na Copa, ao lado do imperialismo mundial e setores minoritários da própria esquerda, Pelé, do alto de sua majestade, posiciona-se sempre como um autêntico torcedor brasileiro, poucos dias antes da Copa, escreveu ele em sua conta no Twiter:

“São apenas mais dez dias até a Copa do Mundo e eu mal posso esperar para ver nossa Seleção entrar em campo. Podem até achar que estou confiante demais, mas sinto que veremos o Brasil vitorioso novamente.”

Majestoso 

Nascido em Três Corações (MG), em 23 de outubro de 1940, marcou ao longo de sua carreira 1283 gols em 1363 jogos, marca jamais superada, sendo decisivo para firmar a imagem mundial do Brasil como país do futebol e, entre outras muitas coisas, levar o Brasil a se transforma no time representante dos povos oprimidos de todo o Mundo, contra as equipes representante dos países imperialistas.

De origem pobre, ao longo de sua carreira chegou a ser durante um certo tempo o atleta mais bem pago do mundo.

Aos quinze anos, começou a jogar pelo Santos Futebol Clube, chegou à Seleção Brasileira aos dezesseis, sendo tricampeão mundial nas Copas de 1958, 1962 e 1970, sendo o único jogador a conquistar três títulos mundiais. É o maior goleador da história da seleção brasileira, com 77 gols em 92 jogos, seguido de Neymar com 75 gols e Ronaldo, com 62.

Foi o maior artilheiro da história do Santos, levando o time do litoral paulista às maiores conquistas de sua história, como duas Copas Libertadores da América e dois Mundiais Interclubes, vencidos em 1962 e 1963.

Artista da bola, mestre e inspirador de muitos outros craques brasileiros, tornou-se a maior de todas estrelas da constelação de artistas do futebol arte jogado no Brasil, como em nenhum outro lugar do Mundo.

Considerado um “atleta completo”, teve como atacante uma média de quase um gol por partida ao longo de sua carreira, sendo especialista em chutar a bola com qualquer um dos pés, excelente cabeceador e com enorme capacidade de se antecipar aos movimentos de seus adversários em campo. Tinha também esmerada capacidade de fornecer assistências com enorme visão e habilidade de passe; além de grandes habilidades de drible.

É um autêntico herói do povo brasileiro por suas realizações no futebol e, particularmente do povo negro, de quem é uma das maiores expressões culturais na arte do esporte mais querido entre a classe operária e todos os povos oprimidos do mundo.

Desde que “aposentou as chuteiras”, em 1977, atua como embaixador mundial do futebol e recebeu inúmeros títulos e honrarias no Brasil e em todo o Mundo.

No momento em que a atenção de milhões está voltada para o sucesso do Brasil na Copa do Catar, rendemos nossas homenagens ao Rei do futebol, e nos somamos aos milhões que torcem por sua recuperação.

Força Rei!  E vamos juntos ao hexa! 

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.