Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Ensino à Distância

EAD cresceu quase 500% nos últimos 10 anos

Apesar da pandemia, modalidade é prejudicial ao aprendizado, além de colocar mais responsabilidade na mão do aluno


A prática da Educação à Distância (EAD) vem crescendo cada vez mais no Brasil, principalmente no ensino universitário. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta semana dados do último Censo da Educação Superior, que apontam para um aumento do número de vagas da EAD e uma diminuição das vagas da modalidade presencial no período de 2020 a 2021.

O Censo também identificou que o aumento das vagas da modalidade à distância se dá majoritariamente nas universidades privadas, que oferecem esses cursos com mensalidades bem mais baratas do que as dos cursos presenciais. Uma sala de aula remota pode acomodar dezenas de alunos e ter um único professor. O que nos leva a levantar uma questão importante: quem mais ganha com o crescimento da EAD nas universidades? Sem dúvida os donos dessas empresas privadas, que com a educação remota aumentam seus lucros significativamente e diminuem seus gastos com o corpo docente, com instalações e infraestrutura. Vemos que o número de universidades privadas só cresce no país, o que reforça que elas são empresas lucrativas. Além disso, elas são controladas por grandes empresários do monopólio da educação, que se beneficiam de recursos do Estado.

Outro ponto que deve ser levado em conta é qual a parcela da população tem condições de fazer um curso à distância. Obviamente somente aqueles que possuem recursos financeiros para garantir os meios eletrônicos, computador ou celular, além da internet de banda larga, que são essenciais nessa modalidade de ensino. O que sabemos não ser o caso na grande maioria da população brasileira.

Por fim, precisamos discutir a questão mais crucial desse debate, que é a qualidade dessa modalidade de formação universitária. Atualmente os órgãos de avaliação de ensino de terceiro grau nem conseguem realizar análises consistentes sobre a eficácia do ensino à distância, para saber o impacto dessa prática na vida desses universitários que não estão nas universidades. Na realidade, não sabemos nada sobre as consequências concretas da formação desses profissionais.

Entretanto, já existem vários pontos negativos bem demarcados na experiência da EAD, como a dificuldade de comunicação do ambiente virtual, que se dá pela tela de um computador ou celular e muitas vezes atravessada por dificuldades técnicas e intermitência da internet. O convívio social também é fortemente limitado nesse modo de formação, que dificulta a construção de um processo educativo efetivamente coletivo e crítico, que é o que se espera da universidade. Em geral, a aula virtual se caracteriza pela exclusiva transmissão de informação por parte dos professores, o debate, próprio do ambiente de estudo, é muito mais difícil de acontecer remotamente. Além disso, a maior parte da responsabilidade da condução do processo de estudo se concentra nos alunos, visto que ele deve trabalhar individualmente no seu percurso de estudo e ainda fica refém do funcionamento dos meios eletrônicos. Junto a tudo isso, ainda observamos uma progressiva desvalorização da profissão docente, que na modalidade remota passa a ter salários mais baixos e grandes quantidades de alunos, o que vai tornando impossível um real processo educacional. Por isso, se torna cada vez mais urgente a luta pelo ensino público, pela estatização das universidades privadas e pelo acesso universal à universidade.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.