Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Uma confusão

Combater a infiltração da direita na esquerda

Repressão a bolsonaristas não é combate ao fascismo


A política nacional está deixando a esquerda pequeno-burguesa totalmente desorientada. Tão desorientada, que no últimos período vemos a esquerda defender figuras execráveis da direita golpista nacional com o pretexto de estarem “lutando contra o bolsonarismo”. A bajulação de Alexandre de Moraes do STF é o exemplo mais acabado dessa política lamentável da esquerda.

Tal política, no entanto, não ficou apenas na desorientação. Cada vez mais há uma infiltração de ideias políticas tipicamente direitistas no meio da esquerda, tudo, como sempre, com a justificativa de que se deve “combater o bolsonarismo”.

Com a vitória de Lula, esse problema agravou-se. Diante das manifestações dos bolsonaristas contra o resultado eleitoral, assistimos a pessoas que se dizem de esquerda – e devemos suspeitar e muito disso – defender ideias da direita como a repressão.

Com as manifestações dos bolonaristas, em particular os bloqueios das rodovias, vimos várias pessoas que se dizem de esquerda repetindo os jargões da direita fascista contra os movimentos sociais: terrorismo, arruaça, crime, vandalismo etc ─ como bradou Fernando Horta, em um programa na TV 247. Tudo isso, usado tradicionalmente pela direita para atacar a esquerda é repetido sem vergonha por esquerdistas. Isso só pode acabar muito mal, não para a direita, mas para a esquerda.

Em uma coluna no Brasil 247, Ricardo Bruno, que foi Secretário de Comunicação no governo burguês de Rosinha Garotinho no Rio de Janeiro, defendeu que Alexandre de Moraes, o “xerife”, aja com o rigor da lei contra os bolsonaristas. Mas ele não se contenta com isso e revela qual é a sua real mentalidade quando o assunto é passar por cima dos direitos democráticos das pessoas: “Ex-secretário de segurança de São Paulo, Moraes é sempre rigoroso no trato com bandidos de modo geral. O foi em várias oportunidades no comando da segurança pública paulista. Contra sua atuação alegam-se excessos. Ocorre que essa gente – os que vivem à margem da lei e da ordem – não entende outra linguagem.” Com isso, o colunista revela que o clamor contra os direitos democráticos não tem nada a ver com o bolsonarismo, é uma questão de princípios, princípios direitistas.

A desorientação da esquerda está permitindo a infiltração da direita. Alguns por pura má fé, outros por pura ignorância, mas fato é que que estamos diante de ideias da direita.

Outro colunista do Brasil 247, Milton Alves, em coluna chamada “Transição e ‘mano dura’ contra os crimes do governo bolsonarista”, defende que “devemos apurar e punir com rigor das leis os crimes praticados pelo governo bolsonarista”. Chama a atenção, nesse caso, o uso de uma linguagem típica da direita mais reacionária: rigor da lei, punição dos crimes etc.

Trata-se do abandono de uma luta política contra o bolsonarismo e a transformação, como faz justamente a direita, da política em caso de polícia. Foi o que a direita golpista fez contra Lula e o PT. Na ausência de um debate político, colocou em marcha processos judiciários ilegais para perseguir a esquerda.

Agora, parece que a esquerda com a vitória de Lula acredita estar no domínio de tudo. A vitória subiu à cabeça, como se diz no futebol. A esquerda acredita que comanda o judiciário, a polícia, as Forças Armadas e pode chamar essas instituições para “punir Bolsonaro”. O piro de tudo é que Lula nem assumiu o governo.

O que vai acontecer com essa infiltração direitista na esquerda é simples: o chamado à repressão vai se voltar contra a esquerda. É um engano pensar que a esquerda tem o controle das instituições repressivas. Elas estão impregnadas por bolsonaristas. Alexandre de Moraes usa um suposto combate ao bolsonarismo para passar por cima dos direitos do povo, em breve será contra a esquerda.

É preciso deixar muito claro que essas ideias não são de esquerda. A esquerda é a defensora tradicional dos direitos do povo. Defender a repressão, a censura, a prisão é coisa da direita. Combater o bolsonarismo assim é fortalecer a extrema-direita e o próprio bolsonarismo.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.