Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Não importa o que aconteça

Burguesia vai continuar atacando Lula

PT pode fazer as alianças que quiser, burguesia não está disposta a ceder


Em discurso na Universidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais, o primeiro colocado nas pesquisas de intenção de votos, Luiz Inácio Lula da Silva, disse aos espectadores que não haverá teto de gastos no governo dele e de Alckmin, se forem eleitos.

A declaração causou enorme alvoroço na direita golpista, levando a um editorial do jornal Estadão e matérias de outros jornais que deixa amplamente clara a política imperialista. Eles encerram a matéria afirmando que uma coisa é Lula dizer que vai acabar com o teto de gastos, outra coisa é conseguir, e continuam a frase explicando que alterar a Constituição não será tarefa fácil.

Se referem aos dois candidatos preferenciais para o segundo turno, Lula e Bolsonaro, dizendo que é comum entre eles a rejeição ao teto de gastos. E que será necessário que os moderados do país se unam para convencer o eleitor que a “irresponsabilidade fiscal não é a causa, mas a solução dos problemas”. Aqui deixam clara a intenção de reforçar a terceira via ou então apoiam o Bolsonaro mesmo. Lula é o “irresponsável fiscal”.

Notamos assim o cinismo da direita. Mentem propositadamente para iludir os eleitores e principalmente a classe operária brasileira, para tentar viabilizar a terceira via nas eleições, coisa que até agora não surtiu efeito nenhum, pelo contrário.

Ao afirmarem que o teto de gastos é a solução, omitiram o fato de que a Emenda Constitucional 95 no governo golpista do Temer, no golpe de estado de 2016, não mostrou a que veio. O resultado das contas do governo acumulam déficits orçamentários por oito anos consecutivos. 

Se é assim, pra que ter um teto de gastos que não resolve o problema? E todos sabem que o que pressiona os déficits são os empréstimos contraídos pelo governo para financiar a economia e o capital, não o trabalhador. Os 1,2 trilhões destinados aos bancos e grandes empresas demonstram isso. Os financiamentos das folhas de pagamentos das empresas também. E o trabalhador recebeu apenas míseros 600 reais que foram ainda mais reduzidos para 200 ou 300 reais.

Ademais, com política de juros altos o montante da dívida do governo eleva-se da noite para o dia, consumindo mais da metade do orçamento do estado há décadas. A dívida é a responsável pela quebra do estado, não os benefícios sociais como afirma a direita e o jornal golpista. 

Além de reduzidos recursos destinados aos trabalhadores, foram todos cortados a partir do golpe e a situação só se agrava, basta olhar os indicadores econômicos divulgados pelo FMI, Banco Central, FGV e IPEA. Todos registraram quedas consecutivas do PIB, da atividade industrial, dos salários, do emprego e aumento da inflação e dos juros, levando a economia ao fundo do poço a cada dia. 

Mas durante os governos Lula do PT, mesmo com a crise gigantesca de 2008, seu governo continuou a gerar crescimento do PIB em torno de 4,1%. Os 7,5% de crescimento em 2010 levou o país à capa da revista de ultradireita The Economist. Por mais que se possa apontar como insuficiente o crescimento, fato é que houve e muito maior do que agora.

Com todas as “fake news” impunes e diariamente publicadas na imprensa oficial e imperialista, contra o Lula e o Brasil, só podemos entender que não há a menor chance de Lula ser aceito pelo imperialismo. Deixam claro o tempo todo que ele não será bem vindo, se eleito. 

Então fica a pergunta. Por qual razão ele e o PT insistem em tentar a todo custo “agradar” a direita e o centro? Só eles sabem a resposta, porque não faz o menor sentido lógico ou político.

A única chance que o Lula tem para se eleger é se apoiar nos trabalhadores, como fazia quando era presidente do sindicato dos metalúrgicos, esses sim continuam dando o maior apoio à sua candidatura e os únicos que poderão evitar novo golpe pelo vice ou por outro artifício da direita. 

O exemplo foi dado com o falecido Hugo Chávez, após um golpe de estado que o depôs do governo,  o povo foi às ruas e o trouxeram novamente ao palácio, e as forças armadas não tiveram como impedir, dado o nível de mobilização e enfrentamento do golpe. É esse exemplo que o PT e o Lula deveriam seguir, se quiserem realmente voltar ao governo.

Caso contrário, assistiremos novamente às manipulações feitas pelo Estado burguês em 1989, no golpe de 2016 e posteriormente em 2018 que o prenderam por 580 dias com várias condenações, em processos escandalosamente fraudados pelo judiciário e por todo o estado e que agora reconheceram de público. Mas se necessário poderão usar o mesmo artifício ou outro ainda pior para impedi-lo de governar. É hora de mudar a política e se aproximar do povo e dos trabalhadores, mobilizando os sindicatos em mais uma tentativa de melhorar as condições de vida dos brasileiros. A crise afeta tão somente aos trabalhadores, o capital continua a lucrar cada vez mais.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.