Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Contra o golpe

Um bom sinal

É preciso ir além, Lula precisa romper totalmente com a política de parasitismo dos bancos privados, retomar o desenvolvimento nacional


O jornal golpista, Folha de São Paulo, divulgou nesta sexta-feira seu mais novo editorial intitulado “Mau começo”. Em um artigo de duros ataques ao que indica ser nova política econômica do governo Lula, o jornal passa a defender mais abertamente a política econômica em defesa do “mercado”, ou seja, dos bancos privados e dos grandes especuladores do capital financeiro internacional.

No editorial a Folha declara que Lula “conseguiu derrubar grande parte das esperanças que seu governo vá adotar uma política econômica racional e socialmente responsável”. Defendendo que a política do governo deveria começar pelo “equilíbrio” econômico e não pelos investimentos na área social, a Folha de São Paulo, como descrevem alguns dos próprios comentários realizados na página do jornal revela mais uma vez que é inimiga do trabalhador.

Na realidade, a política econômica que Lula vem indicando é um bom sinal. O chamado “equilíbrio” defendido pela imprensa golpista e o teto de gastos, nada mais é que a política oficial dos banqueiros, dos acionistas estrangeiros e do imperialismo para o País. Quando fala-se de equilíbrio e responsabilidade fiscal, o que a imprensa burguesa quer dizer é que, independente da situação econômica do país, da miséria e falta de emprego para a população, é necessário em primeiro lugar manter em crescimento os lucros dos bancos. Para manter estes parasitas, a burguesia colocou o Estado nacional à serviço de sustenta-los. Assim, com o dinheiro público, no lugar de ser investido no país e permitir uma melhor situação vida para os trabalhadores, é utilizado em grande parte para garantir os lucros deste setor.

Os sinais que Lula vem dando de se opor a política do mercado são assim positivos para os trabalhadores. É preciso ir além, Lula precisa romper totalmente com a política de parasitismo dos bancos privados, retomar o Banco Central para a mão do Estado brasileiro, recuperar as empresas entregues ao imperialismo e adotar uma política intensa da reindustrialização do país, geração de empregos, aumento real do salário mínimo, revogação de todos as reformas, seja as trabalhistas ou da previdência. Para defender o interesse dos trabalhadores, é preciso ir contra o bancos, contra o imperialismo e a política defendida pela imprensa golpista.

A partir de agora, a imprensa burguesa centrará fogo nos ataques ao recém eleito governo do PT. Seja no ministério da economia, nas chantagens do mercado e na pressão do imperialismo, a burguesia já vem anunciando até mesmo que “mercado derruba o governo”, um recado à Lula e aos trabalhadores. Contra estes ataques é preciso reagir, e com o apoio de mobilizações populares, defender o governo e confrontar a burguesia golpista.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.