Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Ensino Privado

Acima da inflação, mensalidade nas escolas vai subir até 12%

Aumento de até 12% nas mensalidades das escolas particulares de todo o país


O ano está terminando, o que faz com que se iniciem as estimativas para o ano de 2023, sendo uma delas o aumento das mensalidades das escolas particulares. Segundo levantamento nacional do Grupo Rabbit, com quase trezentas escolas particulares credenciadas, o aumento médio da mensalidade para 2023 será de até 12%.  

O aumento segue a inflação do ano que ficou na marca de cerca de 10%. Segundos dados recentes, a inflação caiu para 7%, devido a queda dos combustíveis. Porém a razão para o aumento, segundo as escolas, é a inadimplência e o endividamento herdado da pandemia de Covid-19. O CEO do grupo Rabbit, Christian Coelho, informa que as instituições tiveram o caixa afetado devido a situação da pandemia.  

A inadimplência é reflexo do aumento do desemprego entre a população economicamente ativa, assim como do arrocho salarial causado pela pandemia e também pelo aumento do preços dos combustíveis.

A lei não limita o aumento das mensalidades, porém as escolas precisam apresentar aos pais os números do aumento, uma planilhas de custos. Segundo David Douglas Guedes, advogado do Idec, os pais podem questionar a escola ou procurar órgãos responsáveis caso considerem os preços abusivos.  

Com a crise, os baixos salários e o aumento da mensalidade fazem com que muitos pais tirem seus filhos das escolas privadas. Muitos ao longo de 2022 não tiveram nenhum aumento nos salários, o que torna muito difícil manter seus filhos nas escolas particulares.

Atualmente a maioria das famílias não estão conseguindo nem pagar a boa parte de suas contas, pois os salário que foram achatados com a pandemia e continuam sendo arrochadas pela inflação, não só esmagando o trabalhador pobre mas também tirando a classe média do conforto habitual.

Diante da situação é preciso um amplo debate sobre uma estatização total do sistema educacional, pois os tubarões do ensino público querem repassar todo custo da crise para os pais, para eles a educação é apenas uma mercadoria a ser explorada. Não estão preocupados com a formação do indivíduo em sua totalidade.

Somente a luta pela estatização do serviço de educação em todos os níveis é a questão fundamental para a escola para todos.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.