Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Chile

A vergonhosa proposta de Boric para a Previdência

Presidente manterá alicerces do sistema nefasto de Augusto Pinochet


O governo do Chile, de Gabriel Boric, o dito esquerdista, apresentou um projeto para reformar o sistema previdenciário no país. Atualmente, o Chile segue o modelo de capitalização, em que os trabalhadores contribuem com um valor a ser administrado por fundos de pensão, que investem e lucram com esse dinheiro e, ao chegar o tempo de aposentadoria, repassam um valor ao trabalhador.

O retorno deste modelo é absurdo: 72% das aposentadorias não chega a um único salário mínimo, e um a cada quatro chilenos recebe um valor que o coloca abaixo da linha da pobreza. O modelo de capitalização vincula as aposentadorias a investimentos e, mesmo assim, quem fica com os possíveis lucros provenientes desse investimento são as administradoras de fundos de pensão.

Agora, os trabalhadores tem uma contribuição de 10%, que passará a ser complementada com 6% a serem pagos pelos empregadores, mas isso será implementado de maneira gradual. Outro aspecto é que o trabalhador poderá optar pela administração do Estado sobre sua aposentadoria, que irá também contribuir com um valor para o fundo. A contribuição estatal está vinculada a uma reforma tributária, ainda a ser aprovada.

O problema é que a reforma não modifica o fator central do problema na previdência chilena, que é a capitalização. As aposentadorias não podem servir para investimento, para o jogo do capital financeiro. A aposentadoria digna deve ser garantida.

O governo Boric demonstra mais uma vez a que veio. Após apoiar a repressão aos protestos contra o governo anterior, sendo a favor das prisões políticas ocorridas e dando prosseguimento à repressão nas ruas, o governo não modificou fundamentalmente nenhum aspecto governamental do Chile. Os motivos que levaram a um gigantesco movimento de revolta popular no país se mantém e se manterão inalterados pelo fantoche do imperialismo que agora governa o Chile.

As declarações do “jovem revolucionário” contra Cuba, Venezuela e Nicarágua deixaram por terra a história de que Boric teria vindo para mudar tudo. O presidente chileno não passa de um político burguês neoliberal com maquiagem esquerdista, pronto a atacar o povo e não disposto a defendê-lo contra as aves de rapina que espoliam o povo do Chile.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.