Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Olinda

Tubarão do Canal da Malária arrasta 100 pessoas para a folia

Bloco fundado pelos moradores do bairro do Varadouro saiu às ruas no dia 25 de dezembro

whatsapp image 2021 12 25 at 21.34.54

Na tarde do sábado de natal (25), os moradores do bairro do bairro de Varadouro, em Olinda, organizaram mais um desfile do bloco “O Tubarão do Canal da Malária”. Às 15h em ponto, os foliões começaram em se concentrar em frente à tenda de dona Bilinha, na Rua Manoel de Souza Lopes. Em pouco tempo, os instrumentos da Bateria Popular Zumbi dos Palmares já estavam sendo tocados, dando início à festa.

Ainda na concentração, o bloco já aglomerou cerca de vinte pessoas, vindas principalmente da Rua Manoel de Souza Lopes, mas também de outras localidades do Varadouro, sem contar os companheiros que vieram da Bomba do Hemetério só para prestigiar a festa.

1
Os primeiros foliões a chegar

Às 16h, chegou o microfone e a caixa de som de seu Valdo. Daí para frente, ninguém mais queria deixar a roda.

whatsapp image 2021 12 25 at 21.39.04
Henrique de Lon aquecendo a festa

Teve samba, coco, frevo e até rap. Um dos melhores momentos foi quando o companheiro Eric incorporou Tim Maia e cantou “Gostava Tanto de Você”.

Perto do pôr-do-sol, chegou ninguém menos que Luizinho Rato do Mangue, um dos maiores nomes da música popular olindense e que também é morador do varadouro. Rato do Mangue assumiu logo o microfone e danou-se a cantar frevo.

A pedidos, o Rato do Mangue logo emendou um coco de Olinda.

Já no final da concentração, a La Ursa do bloco, o companheiro Reginaldo, deu o seu show à parte.

Depois de três horas de concentração, o bloco finalmente saiu em cortejo. Quando terminou de passar pela Rua Manoel de Souza Lopes, o Tubarão do Canal da Malária já contava com cinquenta pessoas no bloco, arrastando todo mundo que estava na rua. Os principais gritos foram “Fora Bolsonaro”, “Ai ai ai ai ai ai ai, Bolsonaro é o c*” e “Olê olê olê olá, Lula Lula”.

O bloco então seguiu pela Travessa Farmacêutico Gonçalo de Freitas e depois pela Rua Farmacêutico Gonçalo de Freitas, onde se misturou com outras dezenas de pessoas que já estavam reunidas na rua, ouvindo o seu próprio som, batendo um papo ou esperando o bloco passar.

Por volta das 19h, o bloco finalmente chegou ao Canal da Malária.

whatsapp image 2021 12 25 at 21.19.52

Em todo o seu trajeto, o bloco arrastou 100 pessoas. Um salto extraordinário em comparação à sua estreia, ocorrida no dia 18 de dezembro, que contou com cerca de 20 pessoas. O Tubarão do Canal da Malária tem empolgado o número cada vez maior de pessoas e está mostrando que vai dar muita dor de cabeça aos golpistas que querem cancelar o carnaval.

No final da troça, os foliões ainda foram para a calçada de Dona Neuza comer uma deliciosa caranguejada com caldinho de marisco.

caranguejo

Para impedir na marra o cancelamento do carnaval, é preciso ir muito mais além. É preciso que cada bairro coloque o seu bloco na rua e unir todos em uma grande festa por Fora Bolsonaro e Lula Presidente!

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.