Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Polarizar nas ruas

Bolsonaro respondeu ao golpe da 3ª via. Lula não vai responder?

Lula deve ter ciência de que, quanto mais espera para anunciar sua candidatura e mobilizar o povo nas ruas para garanti-la, mais a direita se organiza para impedir sua eleição


Jair Bolsonaro conseguiu o que queria. Após um mês de muita campanha propagandística, financiamento, logística e mobilização, realizou enormes atos com sua base em São Paulo e Brasília, além de grandes atos espalhados pelo País.

Ao invés de análises passionais, a esquerda precisa ser fria e racional. Os atos bolsonaristas foram bem-sucedidos. Bolsonaro não buscava um golpe, como alardeava a imprensa capitalista ─ infelizmente, acompanhada mais uma vez pela esquerda pequeno-burguesa. Ele queria marcar terreno, em uma estratégia para se defender dos ataques que vinha sofrendo do STF: respondeu com aquilo que é sua maior força, seus militantes e eleitores de extrema-direita nas ruas.

Acima de tudo, os atos bolsonaristas foram uma resposta a uma tentativa de golpe (não de Bolsonaro, mas da direita tradicional). O golpe da 3ª via que a burguesia tenta impulsionar. Bolsonaro sabe que a burguesia quer substituí-lo em 2022 por alguém de maior confiança e que essa pessoa é, preferencialmente, João Doria. Um candidato que, ao contrário de Bolsonaro, não tem o menor apoio popular.

Como este diário destacou em editorial de ontem (08), “Bolsonaro deu uma grande demonstração de que não aceitará de braços cruzados que a direita se reúna para conspirar contra ele e, depois de ter lhe apoiado para derrotar o PT, agora se livre dele. Bolsonaro não está disposto a ser sacrificado em nome da terceira via e deixou isso bem claro”.

Mas o golpe da 3ª não é apenas contra Bolsonaro. É, sobretudo, contra Lula. O ex-presidente é o alvo principal. A burguesia fará de tudo para tirar Lula das eleições e, se ele concorrer, tentará tirá-lo do segundo turno para colocar a 3ª via contra Bolsonaro e chantagear a esquerda a apoiar o “mal menor”.

Bolsonaro, portanto, com os atos deste 7 de setembro, já saiu na frente na corrida eleitoral, independentemente do que dizem as pesquisas ─ o jogo político real se dá nas ruas. Ele respondeu em alto e bom som à tentativa de golpe eleitoral da direita.

Lula também precisa responder, e logo. Foi um grave erro o líder petista não ter comparecido e, mais ainda, anunciado sua participação no ato de São Paulo, no Vale do Anhangabaú. Os manifestantes faziam coro clamando pelo ex-presidente, tanto os militantes da base do PT como os trabalhadores, sem teto, ambulantes, ativistas independentes, desempregados que lá estavam.

Lula deve ter ciência de que, quanto mais espera para anunciar sua candidatura oficial e mobilizar o povo nas ruas para garanti-la, mais a direita se organiza para impedir sua eleição. A direita bolsonarista, por um lado, inflama a sua base e conquistar gradualmente mais apoio, na medida em que Bolsonaro se coloca como o grande inimigo das instituições golpistas antidemocráticas e impopulares. A direita tradicional, por sua vez, prepara a campanha para Doria na imprensa e as articulações no Congresso e nos estados. Além disso, o próprio Judiciário se anima para encontrar alguma desculpa fraudulenta para impugnar sua candidatura, como o fez em 2018.

É preciso responder a esse golpe o quanto antes. Lula e o PT precisam encabeçar de uma vez por todas a abertamente o movimento pelo Fora Bolsonaro. Lula precisa anunciar que irá participar das manifestações. Assim, impulsionará os atos e multiplicará o número de pessoas na rua, ao mesmo tempo que deixará muito claro para todos que não existe 3ª via nas eleições: a luta será entre os dois polos que estão nas ruas, a extrema-direita com Bolsonaro e os trabalhadores com Lula.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.