Por quê estou vendo anúncios no DCO?

União dos trabalhadores

Bloco Vermelho reuniu centenas de pessoas no Nordeste

Plenárias no nordeste garantiram organização e muita luta dos seus militantes do Bloco Vermelho


Neste final de semana, nos dias 17 e 18, militantes do Partido da Causa Operária (PCO) e de outras organizações se organizaram para promover as plenárias a fim de discutir e organizar o próximo ato dia 24 de julho, que ocorrerá em centenas de cidades do País pelo Fora Bolsonaro, por vacina para todos e auxílio emergencial de verdade, de pelo menos um salário mínimo, dentre outras pautas, as quais só estão aumentando, pois os ataques e desmontes ao Estado brasileiro não param. Esse ato do dia 24 tende a ser bem maior que os anteriores. Os atos que vem desestabilizando o regime inicialmente ocorreu no dia primeiro de maio, com o PCO na vanguarda para estimular a população, enquanto a esquerda seguia em casa e a reboque da direita. Em seguida, ocorreram os atos dos dias 13 de maio, 29 de junho e 3 de julho.

No Nordeste, as plenárias foram muito positivas, destaque para a inauguração do Centro Cultural Bejamin Péret, em Recife (CCBP). As plenárias ocorreram nas cidades de João Pessoa (PB), Teresina(PB), Campina Grande(PB), Salvador (BA), Feira de Santana (BA), Juazeiro (BA), Porto Seguro (BA), Natal (RN) e São Luís (MA).
Em Recife os companheiros assistiram ao programa da COTV Análise Politica da Semana com Rui Costa Pimenta no novo CCBP, numa quantidade muito boa de participantes, como em todas as cidades onde ocorreu.

Nas plenárias foram discutidos o crescimento da revolta popular diante do genocídio e ataques dos governos direitistas capitaneados por Bolsonaro. Os militantes discutiram o crescimento do desemprego, da fome, das pautas neoliberais contra os trabalhadores, como a privatização dos Correios, da Eletrobrás e Petrobrás, todas eles apoiadas pelos partidos golpistas como PSDB, DEM, PDT, PSB, dentre outros do chamado “centrão”, e que estão querendo agora manipular as mobilizações e atacar o partido que as iniciou, que é o PCO.

Todas as plenárias tiveram em comum essa discussão, além da importante campanha de organização do ato no próximo sábado (24), quando todos os brasileiros que estejam contra esse extermínio das políticas públicas e do povo devem comparecer de vermelho, com suas faixas, cartazes, coletes, bandeiras, tudo vermelho, cor da luta e do zelo pelas pautas populares. As plenárias alertaram todos os militantes das armações da direita para despolitizar o ato.

Já começaram a ensaiar o ataque em Santa Catarina, quando partidos de esquerda pequeno-burguesa como PCdoB, a reboque da direita, anunciou a exclusão do PCO na organização regional. O coordenador regional do Estado, Matheus Vetter, soube de imediato denunciar e afirmar que o PCO estará nas ruas de vermelho combatendo todos esses golpistas.

As plenárias do Nordeste confirmaram o compromisso de convocar todos os trabalhadores das fábricas, do comércio e demais setores da economia; os estudantes, mulheres, camponeses, sindicatos e militantes em geral para saírem às ruas de vermelho e gritar o Fora Bolsonaro, todos os golpistas e em defesa de uma pauta popular e revolucionária, pois o grito pelo Fora Bolsonaro não está vazio, tem um programa e por ele todos devemos lutar.

Para que o Bloco Vermelho tenha um impacto cada vez maior, os militantes se comprometeram a continuar organizando e se empenhando nos mutirões de arrecadação de recursos financeiros, vendendo rifas, camisas, bottons, livros e vários outros matérias para que a luta não perca fôlego, pois os ataques e sabotagens ao partido e à população continuarão se intensificando.

Ficou estabelecido nas plenárias que quem deve organizar os atos é o povo, através dessas plenárias realizadas em todas as cidades, tendo uma organização e comando claros e de fato democrático, com reuniões públicas e divulgadas com antecedência, sem excluir nenhuma organização popular, ao contrário do que a esquerda a reboque da direita estava fazendo na casa do inimigo, que é o PSDB, um dois principais culpados por essa tragédia em que o país se encontra.

Convocar toda a juventude e os Comitês de Luta se faz necessário nessa luta em todas as cidades do País. Todos devem lutar contra as manobras, pois se deixarem os inimigos entrarem nos atos isso pode levar ao fim do movimento. Os militantes abordaram a crise do regime e os vários ataques que poderão vir da direita e suas ferramentas de mentir, violentar e oprimir a população por meio da imprensa golpista e da Polícia Militar. A criminalização dos movimentos sociais e a prisão violenta de vários militantes, como Rodrigo Pilha e Matheus Xavier, pode se tornar ainda mais comuns se não houver resistência e luta.

As plenárias foram encerradas com seus militantes se comprometendo a defender os atos, convocar e agregar todos os trabalhadores para essa luta, que tem muito a crescer e derrubar todo o regime golpista, sem cair nos erros anteriores da política pequeno-burguesa de aliança com a direita.

Pelo fortalecimento e independência dos Blocos Vermelhos e pelo Fora Bolsonaro e todos os golpistas.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.