Por quê estou vendo anúncios no DCO?

" Achei que tinha uma arma."

Campina Grande: PM mata vigilante negro que tentava mostrar documento

A Polícia militar instituição que treina seus integrantes para abater a população pobre ,mata mais um jovem em abordagem policial em Campina Grande.

Na manhã do último sábado a PM fez mais uma vítima. Tácio Pereira Lima, 27 anos, negro, vigilante, pai de uma menina. Morador da zona norte de Campina Grande, PB , saiu de moto da casa de seu tio no bairro da Palmeira para ir à casa de sua mãe, no Bairro Continental.

No caminho, em uma avenida Central da cidade, foram abordados pela PM . Desceram da moto e solicitados que apresentassem os documentos. Tácio levou a mão ao bolso da calça e poucos minutos depois estava morto.
Tácio reagiu? Tácio estava fugindo de uma perseguição policial? Não ,Tácio levou a mão à calça para atender à solicitação do policial militar.

“Achei que ele ia sacar uma arma.” Esta foi a explicação do assassino de Tácio. O PM que baleou o rapaz com um tiro mortal no abdômen, estava dentro da viatura. Não era o mesmo que fazia a abordagem, e à distância decidiu que Tácio deveria morrer. Tácio não tinha nenhuma passagem pela polícia.

Histórias como estas se repetem diariamente nos jornais: Paraisópolis (SP), 9 mortos; Menino Lucas em São Bernardo, achado morto após uma batida policial. Recentemente um policial militar à paisana, entrou em uma discussão com o vizinho devido ao som muito alto que o incomodava. Discutiram, rolaram no chão e o PM sacou de uma arma e executou seu vizinho ainda deitado no chão. O PM prestou depoimento e foi liberado. “Atirei porque achei que ele ia tomar minha arma.”

Armas não são perigosas, perigosa é a PM que treina seus integrantes para agir mortalmente frente à qualquer situação. Perigosa é a PM que controlada pelos fascistas vê em todo cidadão pobre de periferia um inimigo a ser abatido.

Os demais , os que tiveram o “azar” de nascerem pretos e residirem na favela, por obra de sua “incompetência em subir na vida”, estes são sempre os suspeitos , e como suspeitos devem ser eliminados. Por estas razões é que a Polícia Militar como instituição deve ser extinta. A população deve ter o direito e condições de se defender destes e de outros fascistas.

Porque você atirou no rapaz? Perguntou o tio de Tácio. “Porque achei que ele tinha uma arma”. A resposta verdadeira seria : Porque nossa missão é exterminar a população pobre. Porque ele tinha aparência de suspeito.
Porque ela era negro. Porque somos treinados para matar essa gente.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.