Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Ano começou com mobilização

Professores nas ruas, por nova atribuição e fim dos ataques

Além de forte participação no ato da posse de Lula, no 1º dia do ano, centenas de professores foram à Praça da República protestar contra os ataques nas atribuições


Sob chuva e na primeira semana de férias, centenas de professores participaram de protesto no último dia 4, na frente da SEDUC, na Praça da República, para exigir o cancelamento da atribuição de aulas de 2023 e novo processo, presencial, justo e transparente.

A mobilização foi uma primeira resposta da categoria aos ataques de fim de ano, dos governos tucano e bolsonarista, que montaram um processo que foi  um verdadeiro ataque contra milhares de professores, cheio de distorções, problemas e irregularidades que prejudicaram efetivos, categoria F e categoria O.

Dentre os ataques estava a preponderância da jornada de trabalho na atribuição de aulas, o que fez com que professores com melhor formação, experiência e tempo de serviço fossem deixados para trás no processo de escolha.

Perseguindo os professores categoria O, a burocracia da SEDUC não garantiu acesso à lista completa de classificação por Diretoria de Ensino e foram milhares de casos com pontuação errada.

Além disso, muitos professores habilitados foram prejudicados porque foram inscritos indevidamente pelas escolas e/ou Diretorias de ensino como qualificados, ficando para terem aulas atribuídas após os habilitados. E milhares de professores da categoria O, que iniciaram em 2018 e 2019  (que tiveram seus contratos prorrogados pela Lei Complementar 1381/2022), foram prejudicados, recebendo uma pontuação menor pelos erros na migração dos seus dados do Banco de Talentos para a classificação geral. Eles foram inscritos com opção pela menor jornada, mesmo quando haviam optado pela maior jornada. E os  professores desligados do PEI não foram incluídos na classificação geral. Uma “zorra total”!

Essas “falhas” são parte da política de ataques à categoria dos quase 30 anos de governos tucanos que o governo do bolsonarista Tarcísio quer manter.

Para impedir que isso aconteça, o caminho é a mobilização da categoria.

Em relação à atribuição, a categoria exige que :

  • no processo de atribuição de aulas seja respeitada a classificação por pontos;
  • seja revogada a LC 1374/2022 ;
  • a aplicação de seu artigo 80 seja suspensa, imeidatamente, já que a própria lei diz que o prazo para a adesão dos professores se esgota apenas em 2024;
  • um novo processo de atribuição de aulas, com inclusão de todos e com listas precisam ser disponibilizadas na internet e nas Diretorias de Ensino para fácil consulta.
  • Além dessas questões, é preciso colocar “o bloco na rua” diante do arrocho salarial e contra as novas medidas de ataque em preparação pelo governo.

É preciso começar o ano com assembleia geral  da categoria e mobilização pela conquista, dentre outras:

  • reposição de 100% das perdas salariais;
  • salário igual para trabalho igual: adicional de 70% para toda a categoria;
  • redução do número de alunos por classe;
  • estabilidade no emprego para todos os professores;
  • revogação das “reforma” administrativa (volta das abonadas etc.) e da Previdência aprovadas pelo governo Dória.

.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.