Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Uma questão para a esquerda

Putin legaliza o “contrabando”

“Importação paralela” é o nome dado à política adotada pelo governo russo que promove a importação de mercadorias sem a permissão dos proprietários de marcas como Adidas, Apple etc


Rafael Dantas, de Moscou

O governo de Vladimir Putin tomou uma decisão que foi prontamente mal-recebida pela imprensa burguesa internacional. A Rússia vai “oficializar o contrabando” e “permitir a importação de marcas sem seu consentimento”, escandalizou-se o jornal espanhol El Confidencial reproduzindo matéria da Agência EFE. Por que será? 

As chamadas “importações paralelas” são uma forma de driblar as sanções e o boicote promovidos pelo imperialismo mundial – e o norte-americano em particular. É uma medida para atender à demanda por bens estrangeiros e estabilizar seus preços, disse o primeiro-ministro Mikhail Mishustin. 

A importação paralela não é nada mais que a autorização para a entrada de produtos de marca sem pedir permissão para os detentores da propriedade intelectual. A oposição à medida é um grito de desespero das grandes empresas imperialistas.

De acordo com a legislação em vigor, a entrada de produtos sem permissão dos detentores dos direitos de propriedade intelectual é respondida pela Rússia com uma indenização de até 5 milhões de rublos (cerca de R$ 273 milhões de reais) paga aos proprietários das grandes marcas e a destruição das mercadorias.

A medida, que foi aprovada em 29 de março, dá o direito ao Ministério da Indústria e Comércio russo de elaborar uma lista de produtos que se enquadrarão em uma espécie de quebra de patentes aplicada ao monopólio comercial de grandes empresas. Com isso, disse Mishustin, a economia russa vai se tornar sustentável mesmo diante das sanções.

Marcas norte-americanas com Apple, Levi’s ou Nike, alemãs como a Adidas, suecas como a H&M ou a suíça Nestlé suspenderam importantes relações de importação e exportação com a Rússia, exceto por alguns alimentos ou produtos essenciais. A saída dessas marcas da Rússia resulta em consequências sobre todos os setores, do tecnológico ao vestuário, da alimentação não-essencial e de produtos de higiene pessoal, mas também a indústria automobilística e de materiais de construção.

De que lado a esquerda deve ficar?

A tentativa de defender a economia capitalista russa implica impor prejuízos aos capitalistas dos países imperialistas. Os setores da esquerda pequeno-burguesa que se alinharam automaticamente com o imperialismo diante do conflito russo-ucraniano deveriam refletir: de que lado isso os coloca diante desta situação concreta? Diante oposição entre a medida adotada pelo governo Putin e o protesto das grandes empresas dos países imperialistas, que significa realmente a solidariedade com o povo russo? Compreender que uma medida como essa é um meio de defesa justificado contra o imperialismo ou defender a legalidade e o direito à propriedade intelectual de grandes monopólios norte-americanos e europeus?

A guerra é, como disse o grande pensador militar, Carl von Clausewitz, uma extensão da política. A política, disse Lênin, por sua vez, é a expressão concentrada da economia. A esquerda pequeno-burguesa precisa rever, urgentemente, suas concepções sobre a luta dos países atrasados contra o imperialismo.

Com informações de Izvestia, El Confidencial e Made in Russia

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.