Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Golpe eleitoral

Patrões obrigam empregados a votarem em Bolsonaro

Denúncias aumentaram bruscamente no último período


Está acontecendo, nesse momento, na reta final da campanha eleitoral, a pressão dos patrões a seus funcionários para votarem no candidato deles, Jair Bolsonaro. É o conhecido voto de cabresto.

Várias denúncias dos trabalhadores a esse respeito estão sendo feitas. Segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT), relatado na última quarta-feira (19), o número de denúncias que era de 447 já tinha subido para 706, o que resulta em um aumento de mais de 58%.

Vale ressaltar que esse número oficial não representa nem 10% do que realmente está ocorrendo. Trata-se apenas de alguns casos que aparecem na superfície. Isso é natural, já que os operários têm medo de denunciar, pois sofrem represálias na empresa.

Em áudio vazado na imprensa, um patrão coagiu suas funcionárias a colocarem o celular entre o sutiã e o corpo para filmar o voto na Bahia, (G1 – 19/10/2022).

O procurador-geral do Trabalho, José de Lima Ramos Pereira, afirmou na terça-feira (18), à imprensa, que as denúncias de assédio eleitoral no local de trabalho derivam da “banalização” da prática e a polarização política no país.

Conforme o MPT, a maior quantidade de registros está concentrada na região Sudeste, com 284 casos. Antes quem liderava era a região Sul com 171 casos e, a partir de terça-feira, passou para o segundo lugar com 212 casos. Depois, aparecem Nordeste (118), Centro-Oeste (48) e Norte (44).

Os patrões intimidam, chantageiam e ameaçam de demissão e cometem as maiores arbitrariedades possíveis e imagináveis. Foi assim que agiram quando deram o golpe em 2016, quando tiraram Dilma Rousseff da presidência da República através do impeachment e prenderam inúmeras pessoas irregularmente.

Em 2018 não deixaram Lula concorrer às eleições e agora a burguesia vem novamente com o seu método tradicional, ou seja, a de roubar a eleição na mão grande.

Em seu Twitter, o Presidente Nacional do PCO, Rui Costa Pimenta, denuncia: “esta é a realidade do voto bolsonarista no Sudeste e no Sul, como era antes com o PSDB. Não adianta culpar o povo, é preciso se mobilizar contra o golpe eleitoral.”

Nesse momento, os patrões e seu governo estão levando os trabalhadores e a população explorada à fome e à miséria, bem como ao regime de escravidão. É preciso uma ampla mobilização das direções do movimento operário, tendo à frente a Central Única dos Trabalhadores (CUT) para convocar um dia nacional de mobilização contra a chantagem dos patrões a favor de Bolsonaro.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.