Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Recorde batido

O ataque é tão bom que Alisson não precisou defender nenhuma bola

O goleiro da seleção, nos dois primeiros jogos, não fez nenhuma defesa direta. A seleção marca recordes e mostra que foi para o Catar para buscar a taça


Ao contrário dos que acham que a seleção não é a favorita, os dados claramente nos dizem o contrário. A nossa seleção domina tanto a bola e permanece com ela no ataque, que o goleiro Alisson, formando no Internacional de Porto Alegre e atualmente no Liverpool, passou dois jogos sem fazer uma defesa. Tiveram apenas intervenções de cruzamentos mas nenhum chute a gol direto. Já existe a brincadeira que Alisson está olhando o jogo de dentro do campo e até uma preocupação por parte de alguns analistas, pois o jogador está ficando sem ritmo de jogo.

Na estreia, a Sérvia deu cinco chutes, mas nenhum em direção ao gol. A Suíça conseguiu ainda chutar quatro vezes, porém todas foram bloqueadas antes de chegar em Alisson. Outro dado mais surpreendente é que essa é a primeira vez em 24 anos que uma seleção passa os dois primeiros jogos de uma Copa sem ver sua meta ameaçada, e apenas a segunda nos últimos 56 anos. O próprio goleiro enfatiza o trabalho da equipe em uma entrevista:

“É uma marca da nossa equipe. Nossos números falam por si só. Mas isso não é só trabalho da linha defensiva, a marcação começa com os atacantes, com o trabalho que estamos fazendo. É um trabalho de equipe.”

Em referência à preocupação até certo ponto boa e estranha do goleiro em não estar jogando e perder o ritmo de jogo, Taffarel, preparador de goleiros da seleção, considera que o fato de Alisson não ter sido exigido até o momento na Copa do Mundo do Catar não atrapalha sua preparação para o restante do Mundial. “A gente o vê muito ligado e atento ao jogo, e isso é uma forma de também participar. Às vezes comunicando, acompanhando 100% as jogadas”, disse.

Outro ponto interessante é que, antes da Copa, alguns comentaristas da imprensa golpista chegavam a dizer que o grupo do Brasil não seria fácil e a primeira colocação seria difícil. Agora, o que vemos é uma seleção sólida e ganhando jogos com alguma dificuldade ofensiva, sim, porém devido à retranca e violência dos times europeus. Mas ao mesmo tempo, com uma segurança defensiva nem mesmo vista na ótima seleção de 2002.

O Brasil vai com time misto contra o Camarões, e com certeza teremos mais uma vitória. Caso caso confirmando a volta do craque Neymar, seremos favoritos nas oitavas de final e depois disso são apenas 3 jogos para o título. O povo brasileiro, dono do melhor futebol do mundo, ensina como se joga futebol e Tite também ensina como armar esquemas seguros. O Hexa está cada vez mais perto.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.