Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Fascismo

Não pode comemorar: polícia ataca torcedores do Flamengo no Rio

Na comemoração do Tricampeonato da Liberadores a polícia fascista estraga a festa e ataque a população e o futebol brasileiro


No último domingo (13), milhares de torcedores do Flamengo comemoravam o tricampeonato da Libertadores no centro do Rio. A festa da maior torcida do mundo estava, como sempre, linda, quando uma pequena briga começou. É relatado que a briga seria facilmente controlada, até mesmo pelos torcedores do local, contudo, a polícia carioca entrou em cena.

O aparato da polícia de Choque iniciou uma verdadeira guerra contra os torcedores. Gás de pimenta, bomba de efeito moral e bolas de borracha foram atiradas contra os torcedores sem qualquer iniciativa de controle da situação. Crianças, idosos e mulheres foram atingidos de todas as maneiras pelo aparato repressivo policial. A atitude é típica dos órgãos policiais fascistas, que está acostumado a realizar execuções sumárias contra a classe trabalhadora e operária, que tanto gosto do futebol brasileiro.

No trio elétrico, com os jogadores e dirigentes do clube, o presidente Rodolfo Landim e Gabigol pediram para que parassem com as brigas e reforçaram que o dia era de celebração. A quantidade de spray de pimenta usado pelos policiais foi tão grande que os jogadores, do alto do trio, tiveram que se abaixar. Segundo o depoimento de uma torcedora que estava no local, a sensação era de que ela iria morrer: “Ao invés da polícia separar quem estava brigando, quase matou a torcida com gás lacrimogêneo e spray de pimenta”. Também não existe uma noção clara de quantas pessoas ficaram feridas, mas é provável que muita gente tenha ido para o hospital gravemente ferida, visto que os tiros de bola de borracha podem deixar graves sequelas.

Essa é a prova cabal de que a polícia é uma organização que serve exclusivamente para atacar a população e seus direitos. O caso mostrou que em nenhuma hipótese houve qualquer tentativa de controle de uma briga simples, mas sim uma posição típica de guerra contra a população desarmada. A polícia mostra-se atacando novamente os direitos da população de se manifestar na rua, criando um clima de terror. Também, bem na época de copa do mundo, realizar este ataque violento contra torcedores é uma medida contra o futebol brasileiro e toda nossa cultura.

Os torcedores devem se organizar para denunciar e mobilizar contra esse crescente ataque aos direitos democráticos. Pela total liberdade das torcidas e da população, e com a palavra de ordem do fim da polícia militar, um órgão criado para calar, de qualquer maneira, a voz da população.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.