Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Patrões

Mobilizar contra o possível locaute de ônibus em São Paulo

Os patrões agem à luz do dia em favor de Bolsonaro, os trabalhadores devem responder na mesma moeda com a sua mobilização em favor de Lula


É escancarada a ação da burguesia brasileira em favor da reeleição do seu candidato Jair Bolsonaro. Depois das milhares de denúncias de intimidação de trabalhadores por parte dos patrões, como ameaça de demissões em massa ou fechamento das empresas no caso de vitória de Lula ou ainda a compra de votos, com a promessas de reajustes ou bônus em caso de vitória de Bolsonaro, agora chegou a vez das empresas de ônibus – que operam um serviço que é concessão do estado – tomarem partido na questão da gratuidade do transporte neste domingo das eleições em segundo turno, em São Paulo, o principal colégio eleitoral do País.

O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado de São Paulo (Setpesp) entrou com liminar contra decreto do governo do Estado que liberou o passe livre nas linhas intermunicipais para a eleição deste domingo (30).

De acordo com a liminar, “ao instituir gratuidade irrestrita no transporte intermunicipal no domingo, o decreto não contribui para o processo eleitoral, mas acaba por incentivar a abstenção, na medida em que facilita os deslocamentos para fins de lazer”.  Quer dizer, para o sindicato patronal, o passe livre tem justamente o efeito inverso do seu propósito!

Na verdade, o que está por trás da liminar é uma declaração de intensões. Os mafiosos que controlam o transporte público em São Paulo, que estão em sua maioria apoiando Bolsonaro, querem dificultar o acesso da população paulistana às urnas. Afinal, a maioria dos residentes em São Paulo votou em Lula no primeiro turno.

Até o momento, o transporte gratuito segue determinado pela prefeitura e pela Justiça. No entanto, a intensão em desfazer a decisão do prefeito Ricardo Nunes (MDB) deve servir de alerta. Mesmo que formalmente esteja garantida a gratuidade, a burguesia poderá, de última hora, organizar um locaute por parte dos patrões — quer dizer, não disponibilizar o transporte para a população, particularmente às camadas mais pobres que em sua esmagadora maioria vota no candidato dos trabalhadores, vota em Lula.

O possível boicote patronal, como já mencionado, não é um fato isolado, mas corresponde justamente à luta de classes. De um lado, os capitalistas com Bolsonaro e de outro Lula com os trabalhadores.

Nessa guerra declarada que expressa a profunda polarização do País, a resposta dos trabalhadores só pode ser a mobilização. Ao contrário da crença alimentada por boa parte da esquerda de que a vitória de Lula já estaria sacramentada, a ação dos patrões é uma demonstração de que vão tentar por todos os meios e até o último momento a vitória do seu candidato.

Há, ainda, um outro agravante. A decisão do ministro do Superior Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, não garante a gratuidade do transporte público, mas apenas impede que os governos estaduais e prefeituras que concederem o serviço  não estarão incorrendo em crime eleitoral. Isso significa que está nas mãos dos governantes e das concessionárias que operam os serviços disponibilizar ou não o transporte e, ainda, como efetivamente será disponibilizado.

É por isso que a questão da mobilização é uma questão crucial a fim de garantir a vitória de Lula e depois para que efetivamente seu governo seja a expressão dos interesses das amplas massas brasileiras.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.