Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Salário digno

Lula deve garantir um salário que atenda às necessidades do povo

Sugestão de Wellington Dias não reflete em nada o que Lula tem proposto


Na última quarta-feira (2), o ex-governador do Piauí e eleito senador pelo PT, Wellington Dias, representante da equipe de Lula para negociação do Orçamento da União, declarou que o salário-mínimo deveria aumentar 1,3% acima da inflação. O aumento pífio proposto por ele não corresponde à grande luta que se expressou nas mobilizações de ruas contra os ataques desferidos pela burguesia e que garantiram a vitória do presidente sobre Bolsonaro nas eleições deste ano. 

Diante da destruição das condições materiais de vida da população promovida pelo golpe contra presidenta Dilma Roussef em 2016, uma das pautas centrais da luta dos trabalhadores se trata de conquistar um salário-mínimo que reverta a situação de miséria que assola o país. O Brasil atualmente tem mais de 120 milhões de pessoas com alguma insegurança alimentar e mais de 70% das famílias estão endividadas.   

O acúmulo da inflação registrado para os últimos 12 meses teve seu pico no mês de abril quando ultrapassou a marca dos 12%. A aproximação das eleições deste ano obrigou o governo ilegítimo de Jair Bolsonaro a manobrar para aumentar sua popularidade, assim lançou mão de um conjunto de medidas para abaixar artificialmente o índice que em setembro ficou em pouco mais de 7%.  

A retirada de impostos como Cide, Pis/Cofins e ICMS teve algum impacto na energia elétrica, comunicações e combustíveis. Porém, naquilo que é mais fundamental para as famílias que vivem com até dois salários não resultou melhora alguma, o acúmulo da inflação registrado para os últimos 12 meses referente ao preço dos alimentos nos supermercados em setembro ficou pouco abaixo dos 12%, o índice se aproximou dos 15% no registro para o mês de julho. 

Os principais alimentos da mesa dos trabalhadores tiveram os preços aumentados muito acima da inflação, o leite que é um alimento essencial para as mães cuidarem de seus filhos teve seu valor ampliado em mais de 66% somente neste ano. No estado de São Paulo, o preço de uma cesta básica atingiu valor próximo de 800 reais, ou seja, o equivalente a 2/3 do atual salário-mínimo. 

Os cálculos do DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) apontam que o salário vital para uma família de quatro pessoas no mês de setembro seria mais de 6.300 reais, um valor que corresponde a mais de cinco vezes o atual salário-mínimo de 1.212 reais. 

Portanto, diferente do que pensa Wellington Dias, não há nenhum motivo para comemorar um aumento no salário-mínimo que não altera em nada a atual realidade que vivem os trabalhadores e conjunto da população. É preciso assegurar melhores condições de vida para o povo com aumento imediato de 100% sobre o salário-mínimo e um plano que garanta um salário vital para as famílias no valor de 7.500 reais. 

A volta de Lula à presidência do Brasil é resultado de uma ampla mobilização desde o golpe de estado, representa a vitória dos trabalhadores contra todos os ataques desferidos pela burguesia, seu governo enfrentará uma crise muito grande tendo em vista que a maior parte dos governadores dos estados e integrantes do parlamento são golpistas. Sendo assim, deve governar para e junto com as massas, para isso é preciso garantir um salário que realmente satisfaça as necessidades do povo brasileiro. 


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.