Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Imprensa imperialista

Imprensa iraniana sofre ataques do imperialismo a cada 2 minutos

Com base no volume de notícias e produções, a BBC teve o maior número de fake news, com Iran International e Radio Farda em seguida.


Há cerca de 4 semanas a iraniana Mahsa Amini, foi assassinada, este fato desencadeou milhares de boatos, protestos e mobilizações todas apoiadas pela imprensa imperialista, sob o olhar do identitarismo contra o governo do Irã.

O fato é que imprensa imperialista pela Arábia Saudita instigou uma grande revolução feminista porque no Irã as mulheres, todas, inclusive as estrangeiras, devem cobrir o rosto quando estão em público, na TV e a versão da morte Mahsa é a que ela foi espancada pela polícia iraniana até a morte por não estar usando o lenço de maneira correta, fato já refutado e condenado pelo Ayatolá Ali Khamenei, que diz ter uma intensa invetigação a respeito deste crime em andamento.

Os crimes cometidos no Irã são severamente cobrados pela lei religiosa, segundo Khamenei. O líder já pediu mais de uma vez que a Arábia Saudita pare de insulflar mentiras sobre o caso, para que o ocidente tenha uma visão distorcida dos fatos e culturas iranianas, essas notícias falsas afetaram a política externa europeia e americana contra o Irã.

“Mentira após mentira, esses meios de comunicação que tentaram derrubar o sistema da República Islâmica tentaram motivar a Geração Z do Irã a ‘se levantar’ contra seu próprio governo. Mal sabiam eles que suas mentiras logo seriam expostas”.

Segundo o site de notícias iraniano HispanTV, nas redes sociais desses meios imperialistas de comunicação mostrouque eles publicam uma mentira sobre o caso e o Irã a cada dois minutos!

Esse caso resultou em uma onda de protestos demagógicos, como associação de mulheres judias que cortaram seus cabelos a em vídeos nas redes sociais, judias que não ligam para o que acontece em Gaza, mas se comovem com um problema que nada tem a ver com elas ou com a cultura delas. Muitas feministas seguindo a linha da cultura “Woke” também cortaram seus cabelos, causando grandes transtornos ao Irã.

Somente em 5 empresas de comunicação divulgaram 17.532 notícias falsas sobre o país e sua cultura em 25 dias de relatório. É uma verdadeira perseguição e só foram pesquisadas as notícias de seus canais  do Telegram, as contas do Twitter e Instagram Foram obervadas as empresas BBC Persian filiada ao governo britânico; Iran International afiliada ao governo saudita; Voz da América e Rádio Farda afiliadas ao governo dos EUA; Manoto, afiliado ao movimento Bahai.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.