Por quê estou vendo anúncios no DCO?

O Hexa está chegando

Hoje a Seleção Canarinha brilha em campo mais uma vez

Sem dois craques lesionados, Neymar e Danilo, a Seleção Brasileira enfrenta a Suiça em campo e a fúria da imprensa burguesa fora do estádio, ambos serão vencidos


A Copa do Mundo no Catar continua e hoje tem jogo da Seleção Brasileira. Após a vitória contra a Sérvia por 2 a 0 o Brasil mais uma vez impressionou o mundo, a Canarinha fechou a primeira rodada da fase de grupos com chave de ouro, foi o futebol mais bonito que havia entrado em campo no Catar até então. Agora a Seleção volta, infelizmente sem o seu maior craque, Neymar, mas ainda assim é uma verdadeira máquina. A Suíça será o segundo de sete a tentar superar o futebol arte do Brasil.

Desde a campanha para a classificação na Copa e os diversos amistosos, a Seleção Brasileira já vinha chamando atenção no Brasil e internacionalmente. Desde que o técnico Tite assumiu o time está em franca ascensão, a derrota na Copa de 2018 foi uma das únicas 5, é uma das melhores campanhas da história. Não só isso, como a Seleção se recuperou completamente da desmoralização que foi o jogo contra a Alemanha no Brasil para se tornar novamente a franca favorita no Brasil e no mundo.

Após uma semana e um dia de Copa, grande parte das seleções já disputou mais de um jogo, os destaques em geral são os negativos. Argentina e Alemanha por exemplo perderam a primeira rodada para Arábia Saudita e Japão, uma verdadeira zebra. Os “hermanos” conseguiram recuperar com a vitória sobre o México, já a Alemanha conseguiu empatar com a Espanha. A Inglaterra venceu de goleada contra o Irã mas empatou com os EUA. A Bélgica perdeu para o Marrocos, a Holanda empatou com o Equador.

O futebol Europeu se mostra em uma verdadeira crise enquanto o Árabe e Africano aparentam estar em ascensão. Da Europa, que supostamente tem o melhor futebol do mundo de acordo com a propaganda da imprensa burguesa, sobrou apenas a França com duas vitórias, mas ainda longe de aparecer como favorita perto do Brasil. Na primeira rodada e nas partidas da segunda até o fechamento da edição houve zebras e reviravoltas, mas a Seleção Brasileira ofuscou todas as demais com o show que deu contra a Sérvia.

O Brasil estreou a Copa com o seu melhor time Neymar, Vini Jr, Richarlison, Raphinha no ataque, Paquetá e Casemiro no meio, Alex Sandro, Thiago Silva, Marquinhos e Danilo na zaga, Alisson no gol. A seleção deu um verdadeiro show, dois belíssimos gols no segundo tempo após a seleção sérvia não aguentar tanto tempo de intensa pressão do ataque brasileiro. Ambos com a importante participação de Neymar e marcados por Richarlison, incluindo o segundo, o mais bonito da copa até hoje, o gol de voleio que anunciou ao mundo, o Brasil está de volta.

A Sérvia infelizmente com sua marcação violenta lesionou dois craques brasileiros, Danilo e Neymar, que ficarão de fora da próxima partida. O maior craque da Seleção talvez volte apenas nas oitavas de final. A partida do Brasil também revelou o maior artilheiro adversário, ou melhor ainda, uma seleção completa, a imprensa burguesa. O maior craque do país se lesionou, e, ao invés de sair em sua defesa, cobrir a sua recuperação, mostrar como ele foi crucial para o segundo gol mesmo lesionado, a imprensa em bloco iniciou um pesadíssimo ataque contra Neymar.

Foi uma enorme operação nos últimos 3 dias com artigos constantes contra o craque que foram também repetidos pela esquerda pequena burguesa. O lado positivo é que a seleção parece estar também psicologicamente preparada para essa guerra, os principais jogadores saíram em defesa de Neymar, eles, assim como os que acompanham futebol, sabem que o craque é o melhor jogador do time e também é crucial na formação que Tite armou para os jogos da Copa do Mundo. Richarlison, Raphinha e Casemiro saíram em defesa aberta de Neymar.

Hoje a Seleção joga com outra formação, o time perde um pouco, mas ainda é composto só de craques. A Suíça não é um grande adversário, o pior do grupo já passou, que foi a própria Sérvia. Contudo o seu esquema de defesa uma das mais tradicionais “retrancas” ainda deve ser um desafio para o Brasil. Os possíveis substitutos devem ser Eder Militão e Fred mas ainda não havia confirmação no fechamento da edição, Tite também considerou Everton Ribeiro e Rodrygo.

O ponto negativo é que Neymar está lesionado, e esperamos que o jogador tenha a melhor recuperação possível para voltar logo ao campo em luta pelo Hexa. Mas o lado positivo é que ao contrário de outras seleções, que tem apenas um craque, que joga em algum clube da Europa ocidental como a Polônia, Portugal e a Croácia, o Brasil é um time completo, na realidade, dois times pois os jogadores no banco poderiam muito bem competir em outra chave e ainda seriam os favoritos.

Mesmo sem o maior craque da Seleção hoje o futebol arte entrará em campo novamente. Não sabemos se o jogo será tão bonito quanto o último contra a Sérvia, mas ao que parece será novamente o jogo mais bonito dessa segunda rodada. A Seleção Canarinho até o momento segue parecendo implacável, a Argentina, a França, a Espanha, todas até agora não chegaram aos pés do que fez o Brasil em sua partida de estreia.

Às 13h o Brasil e o mundo param novamente para assistir a Seleção. Na quinta passada, 60 mil pessoas torciam para o Brasil no estádio Al Lusail, a sua maioria não eram brasileiros e nem sequer latino americanos. Fora do estádio a torcida chega na casa dos centenas de milhões, somando Brasil, a América Latina, a Índia, grande parte da África e do Oriente Médio e da Ásia, a Canarinho e a seleção dos oprimidos, a dos que não estão na Copa ou dos que foram eliminados pelo futebol economicamente superior, mas não em habilidade nem em beleza.

Chegou a hora de torcer mais uma vez pela vitória do futebol arte, a segunda de sete. O Hexa está muito próximo, a Seleção está determinada e o povo brasileiro está na mesma sintonia. O esquadrão já está no campo de batalha, agora nos resta torcer pelo tão sonhado hexa. Nas palavras de Richarlison: “vamos buscar o Hexa, queiram eles ou não”. Hoje a Seleção Canarinha brilha em campo mais uma vez.

na Copa e os diversos amistosos a Seleção Brasileira já vinha chamando atenção no Brasil e internacionalmente. Desde que o técnico Tite assumiu o time está em franca ascensão, a derrota na Copa de 2018 foi uma das únicas 5, é uma das melhores campanhas da história. Não só isso como a Seleção se recuperou completamente da desmoralização que foi o jogo contra a Alemanha no Brasil para se tornar novamente a franca favorita no Brasil e no mundo.

Após uma semana e um dia de Copa grande parte das seleções já disputou mais de um jogo, os destaques em geral são os negativos. Argentina e Alemanha por exemplo perderam a primeira rodada para Arábia Saudita e Japão, uma verdadeira zebra. Os hermanos conseguiram recuparar com a vitória sobre o México, já a Alemanha conseguiu empatar com a Espanha. A Inglaterra venceu de goleada contra o Irã mas empatou com os EUA. A Bélgica perdeu para o Marrocos, a Holanda empatou com o Equador.

O futebol Europeu se mostra em uma verdadeira crise enquanto o Árabe e Africano aparentam estar em ascenção. Da Europa, que supostamente tem o melhor futebol do mundo de acordo com a propaganda da imprensa burguesa, sobrou apenas a França com duas vitórias, mas ainda longe de aparecer como favorita perto do Brasil. Na primeira roda e nas partidas da segunda até o fechamento da edição houve zebras e reviravoltas mas a Seleção Brasileira ofuscou todas as demais com o show que deu contra a Sérvia.

O Brasil estreou a Copa com o seu melhor time Neymar, Vini Jr, Richarlison, Raphinha no ataque, Paqueta e Casemiro no meio, Alex Sandro, Thiago Silva, Marquinhos e Danilo na zaga, Alisson no gol. A seleção deu um verdadeiro show, dois belíssimos gols no segundo tempo após a seleção sérvia não aguentar tanto tempo de intensa pressão do ataque brasileiro. Ambos com a importante participação de Neymar e marcados por Richarlison, incluindo o segundo, o mais bonito da copa até hoje, o gol de voleio que anunciou ao mundo, o brasil está de volta.

A Sérvia infelizmente com sua marcação violenta lesionou dois craques brasileiros, Danilo e Neymar, que ficarão de fora da próxima partida. O maior craque da Seleção talvez volte apenas nas oitavas de final. A partida do Brasil também revelou o maior artilheiro adversário, ou melhor ainda, uma seleção completa, a imprensa burguesa. O maior craque do país se lesionou, e, ao invés de sair em sua defesa, cobrir a sua recuperação, mostrar como ele foi crucial para o segundo gol mesmo lesionado, a imprensa em bloco iniciou um pesadíssimo ataque contra Neymar.

Foi uma enorme operação nos últimos 3 dias com artigos constantes contra o craque que foram também repetidos pela esquerda pequena burguesa. O lado positivo é que a seleção parece estar também psicologicamente preparada para essa guerra, os principais jogadores sairam em defesa de Neymar, eles, assim como os que acompanha futebol, sabem que o craque é o melhor jogador do time e também é crucial na formação que Tite armou para os jogos da Copa do Mundo. Richarlison, Raphina e Casemiro sairam em defesa aberta de Neymar.

Hoje a Seleção joga com outra formação, o time perde um pouco, mas ainda é composto só de craques. A Suiça não é um grande adversário, o pior do grupo já passou, que foi a própria Sérvia. Contudo o seu esquema de defesa uma das mais tradicionais “retrancas” ainda deve ser um desafio para o Brasil. Os possíveis substitutos devem ser Eder Militão e Fred mas ainda não havia confirmação no fechamento da edição, Tite também considerou Everton Ribeiro e Rodrygo.

O ponto negativo é que Neymar está lesionado, e esperamos que o jogador tenha a melhor recuperação possível para voltar logo ao campo em luta pelo Hexa. Mas o lado positivo é que ao contrário de outras seleções, que tem apenas um craque, que joga em algum clube da Europa ocidental como a Polônia, Portugal e a Croácia, o Brasil é um time completo, na realidade, dois times pois os jogadores no banco poderiam muito bem competir em outra chave e ainda seriam os favoritos.

Mesmo sem o maior craque da Seleção hoje o futebol arte entrará em campo novamente. Não sabemos se o jogos será tão bonito quanto o último contra a Sérvia, mas ao que parece será novamente o mais bonito jogo dessa segunda rodada. A Seleção Canarinho até o momento segue parecendo implacável, a Argentina, a França, a Espanha todas até agora não chegaram aos pés do que fez o Brasil em seu jogo de estreia.

As 13h o Brasil e o mundo param novamente para assistir a Seleção. Na quinta passada 60mil pessoas torciam para o Brasil no estádio Al Lusail, a sua maioria não eram brasileiros e nem sequer latino americanos. Fora do estádio a torcida chega na casa dos centenas de milhões, somando Brasil, a América Latina, a Índia, grande parte da África e do Oriente Médio e da Ásia, a Canarinho e a seleção dos oprimidos, a dos que não estão na Copa ou dos que foram eliminados pelo futebol economicamente superior, mas não em habilidade nem em beleza.

Chegou a hora de torcer mais uma vez pela vitória do futebol arte, a segunda de sete. O Hexa está muito próximo, a Seleção está determinada e o povo brasileiro está na mesma sintonia. O esquadrão já está no campo de batalha, agora nos resta torcer pelo tão sonhado hexa. Nas palavras de Richarlison: “vamos buscar o Hexa, queiram eles ou não”. Hoje a Seleção Canarinha brilha em campo mais uma vez.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.