Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Usurpadora no governo peruano

Ditadura peruana invade sede da Confederação Camponesa do Peru

Trabalhadores e camponeses peruanos acusam a nova presidenta Dina Boluarte de usurpação do poder e assassinato de trabalhadores.


No Peru, em Novo Peru, a polícia invadiu a Confederação Camponesa do Peru (CCP). Membros da CCP denunciaram à Telesur a fabricação de provas falsas pela polícia para justificar a busca e a prisão de membros da CCP no sábado (17). 

A CCP é uma organização campesina e indígena que foi fundada em 11 de abril de 1947 por representantes de comunidades campesinas. A Polícia, junto com o Exército peruano, invadiu as instalações de organizações populares em Novo Peru. A operação foi denunciada como irregular.

“Policiais à paisana são os que lideram esta operação em que os direitos fundamentais não são respeitados e reiteraram que não permitiram a entrada de advogados ou testemunhas, existindo o risco de implantação de provas contra os campesinos, como armas para acusá-los de  violência contra pessoas”, afirma a Telesur.

Mais de sessenta pessoas foram detidas pela manhã. Houve um grande destacamento policial no momento, além de denúncia dos que estavam detidos pela polícia de que objetos foram plantados, como facões e objetos contundentes.

“Ao lotar nosso local ficamos ao lado da confederação camponesa, mas é preciso dizer que nossos dois espaços foram cheios por dezenas de pessoas que vieram da região para protestar pacificamente e legitimamente contra a ditadura parlamentar e a aliança que temos com a dona Boluarte. Que seu governo até hoje tem mais de 21 peruanos assassinados, como resultado da repressão. Nós estivemos lá, e não conseguimos sair por horas porque não havia garantia de sair porque a polícia fechou a porta para sair”, denunciou um membro da CCP.

No Peru, foram setenta e cinco companheiros e companheiras que vieram para a reunião e uma deputada que conversou com os chefes desta operação que é toda baseada no terror. Alguns palestrantes que estavam vindo foram detidos.

É como se tivéssemos voltado aos anos noventa da ditadura de Fujimori. Vários trabalhadores estão querendo expressar sua indignação com o que está acontecendo no Peru e estão sendo impedidos, até agora foram mais de vinte mortos. O povo peruano não reconhece um governo ilegítimo e criminoso para tomar de assalto o poder, os camponeses estão exigindo a demissão imediata da presidenta Dina Boluarte que está ocupando o cargo, que está usurpando. Além disso, exigem uma nova junta legislativa que convocará eleições imediatas.

É o sentimento do povo peruano que os camponeses expressam mais uma vez. São filhos de agricultores que acusam os que usurparam o poder de terem declarado uma emergência nacional quando o povo estava se mobilizando pacificamente. Finalmente, o governo ilegítimo causou um verdadeiro massacre aos trabalhadores.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.