Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Enchentes e desabamentos

Chuvas causam caos em São Paulo e revelam descaso tucano

Chuvas atingiram São Paulo e deixaram milhares de desabrigados e pelo menos 21 mortos

chuvas em sao paulo franco da rocha

O fim de semana chuvoso deixou o saldo de pelo menos 21 mortes e cerca de 660 famílias desabrigadas ou desalojadas. Isso aconteceu em 11 cidades do estado de São Paulo, conforme matéria do portal golpista G1. Dentre as vítimas, estão oito crianças, um adolescente e um bebê.

As fortes chuvas provocaram deslizamentos de terra e alagamentos, que fizeram com que muitos não pudessem voltar para casa ou sair dela, dificultaram as ações da defesa civil para socorrer as vítimas, além de deixar sem moradia centenas de famílias e muitos mortos ou desaparecidos.

As cidades que mais sofreram com as chuvas foram Itapevi, Franco da Rocha, Osasco, Embu das Artes, Várzea Paulista, Francisco Morato, Arujá e Jaú, deixando um rastro de mortes, destruição e desaparecidos. Diante da tragédia anunciada, o governador João Doria (PSDB), o BolsoDoria, anunciou a liberação de R$15 milhões para as cidades afetadas.

Ficou claro nas reportagens que não há número exato de mortos, feridos e desaparecidos uma vez que o próprio prefeito de Franco da Rocha, Nivaldo Santos (PTB), anunciou oito mortos na cidade e depois corrigiu o número para cinco na cidade. 

Nos números anunciados, aparecem com frequência a palavra “pelo menos”, que indica que podem ser maiores que isso. É o mesmo que acontece com o número de vítimas da Covid, que são claramente subnotificados tanto em São Paulo, como no Brasil e em todo o mundo. Afinal, “filho feio nunca tem pai”.

Os problemas com enchentes e deslizamentos de terras são frequentes todos os anos, por décadas, e jamais foram resolvidos pelo poder público. Certamente porque acontecem nas regiões onde moram a população trabalhadora, pobres e humildes.

Falta vontade política para resolver isso, já que conhecimentos e técnicas de engenharia não faltam. No caso de São Paulo, a situação é de puro descaso, pois o partido tem governado o Estado por décadas. Assistem todo ano aos mesmos problemas e nada fazem para resolver. Afinal, apesar de que as chuvas foram muito fortes, mesmo assim são previsíveis, e poderiam ter feito obras para pelo menos amenizar o impacto das chuvas que causam enormes prejuízos, em vida e financeiros,  às famílias pobres das periferias.

Os pobres nunca tem dinheiro para que eles possam ter um mínimo de condições de vida dignas de um ser humano, mas para os ricos tudo é permitido e fornecido pelo estado. 

Com toda certeza, o dinheiro destinado por BolsoDoria às cidades afetadas pela calamidade provocada pelas chuvas não será utilizado na reparação do que as pessoas perderam, mas em obras de limpeza e reconstrução de vias de acesso e córregos. O que as famílias perderam terão que se virar para comprar tudo de novo, sem a ajuda do Estado, como fazem todos os anos.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.