Por quê estou vendo anúncios no DCO?

A culpa não é da natureza

Após chuva em Petrópolis, número de mortos chega a 44

Sucessivos governos neoliberais no Brasil, Rio de Janeiro e Petrópolis destruíram e impediram investimentos em infraestrutura, gerando devastações que poderiam ser evitadas


─ Vitor Abdala, Agência Brasil ─ Pelo menos 44 pessoas morreram devido à chuva que castigou Petrópolis, na região serrana fluminense, ontem (15). Vinte e uma pessoas foram socorridas com vida, segundo a Defesa Civil Estadual. Os bombeiros seguem nos trabalhos de busca por desaparecidos, uma vez que vários deslizamentos de terra e alagamentos foram registrados no município.

A Polícia Civil e o Ministério Público do Rio montaram forças-tarefas para ajudar na identificação de corpos e busca por desaparecidos. Uma estrutura foi erguida ao lado do Posto Regional de Polícia Técnica Científica (PRPTC) de Petrópolis para preservar os corpos.

Estabelecida também no PRPTC, a Delegacia de Descoberta de Paradeiros fará contato com famílias que buscam informações sobre desaparecidos.

Já o Ministério Público enviou grupos de promotores para ajudar na tarefa de identificação de corpos e auxiliar pessoas que tenham perdido seus documentos. O núcleo de busca de desaparecidos também atuará no município.

A sede do MPRJ em Petrópolis foi alagada durante o temporal, mas uma equipe de manutenção já foi enviada ao local.

Crimes

A Delegacia de Polícia de Itaipava (106ª DP) ficará responsável por investigar e registrar ocorrências de possíveis crimes ocorridos na cidade durante esse período de emergência.

Uma equipe da Delegacia do Consumidor fiscalizará eventual supervalorização de preços em estabelecimentos comerciais da região, que possam se aproveitar da tragédia para subir os valores de produtos básicos.

Agências bancárias

Em nota, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) disse que as agências bancárias da cidade também foram atingidas pela catástrofe e as instituições financeiras estão analisando a situação de seus funcionários. “O atendimento nas agências será feito de forma contingenciada, com número reduzido de funcionários, e somente para casos de emergência, em que o serviço presencial seja realmente necessário”, informou. A Febraban recomenda que os clientes bancários priorizem o uso dos canais digitais (internet banking e mobile banking) e centrais de atendimento para suas operações bancárias até que a situação seja normalizada.

Doações

O secretário estadual de Defesa Civil do Rio de Janeiro, Leandro Monteiro, disse que o município está enfrentando problemas de falta de água e de luz, além de dificuldades com sinais de celulares, devido aos estragos provocados pela chuva de ontem.

A Águas do Imperador, concessionária responsável pela distribuição de água na cidade, disse que 19 bairros estão com o abastecimento comprometido. Entre as causas para o problema estão a falta de energia elétrica que impede o funcionamento de bombas e o rompimento de encanamentos.

A concessionária informou que equipes estão trabalhando para tentar restabelecer o sistema o mais rápido possível, mas ainda não há previsão para conclusão dos reparos.

Monteiro pediu que as pessoas façam doações de água mineral aos quartéis dos bombeiros, para que possam ser entregues à cidade.

Há ainda vários pontos que estão recebendo donativos, como a Câmara Municipal de Petrópolis, que está aceitando alimentos não perecíveis, água, roupas limpas para todas as idades, produtos de higiene pessoal, produtos de limpeza, roupas íntimas e roupa de cama, entre outros.

Na cidade do Rio de Janeiro, o MPRJ está recebendo doações em sua sede, na Avenida Marechal Câmara, 370, no centro.

Matéria atualizada às 13h54 para acréscimo de informações sobre as agências bancárias.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.