Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Secretário fascista

Mário Frias vai ao Rio, mas se esconde de artistas “indesejados”

Secretário de Cultura vem ao Rio para encontro com artistas 'bem comportados' e exclui críticos a Bolsonaro por medo de ser desmoralizado


Depois de algum tempo desaparecido, o secretário Especial da Cultura do governo Bolsonaro, o ator Mário Frias, aparecerá em um encontro com artistas “bem comportados” e promotores de eventos, inclusive uma área que vive um período de pavor financeiro com a pandemia e com a crise financeira que assola o mundo. O encontro será na segunda-feira, dia 1º de março, no Assador Rio’s, onde o secretário vai escondido dos artistas críticos a Bolsonaro, porque não quer ser criticado e desmoralizado, selecionando “pessoas de bem”.

Nesse encontro de Frias, onde haverá uma seleção dos participantes que irão conversar com ele, sendo feita com todo cuidado para evitar a presença de “setores hostis, notadamente do setor cultural, ao governo Bolsonaro”.

Com estes encontros e reuniões, os bolsonaristas de plantão estão tendo com quem contar nesse quesito, porque desde que este secretário entrou para o governo, os “ideológicos” estão à vontade nas decisões da Secretaria de Cultura, ganhando muito em cima disso, enquanto a maioria esmagadora do setor artístico vem sofrendo com a administração desse governo. Ou seja, além de destruir a cultura, Mário Frias se dedica apenas para os setores capitalistas, utilizando o poder desse cargo para isso.

E não há interesse nenhum do governo fascista de Jair Bolsonaro e seus apoiadores golpistas em fazer algum programa que beneficie o setor artístico, já que o interesse verdadeiro é acabar com a arte e a cultura do país. Portanto, o que se entende é que as medidas que o governo fascista está tomando em relação à cultura e a toda classe trabalhadora, é um ataque para destruir a cultura. Bolsonaro e Frias trabalham apenas para interesses imperialistas, que vão de encontro com os interesses da população.

O interesse da direita, expresso pelo secretário fascista, não é ajudar o povo brasileiro em geral, incluindo o setor cultural, mas sim o interesse dos bancos e da alta burguesia. Deixando que as pessoas morram doentes ou de fome.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.