Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Valéria Guerra

Historiadora, artista (atriz) sob DRT 046699-RJ. Jornalismo UMESP-SP, término neste ano corrente. Bióloga e professora da Rede Estadual do Rio de Janeiro. Colaboradora textual do Site Brasil 247 há 4 anos. Escritora com livros publicados e textos para inúmeras Antologias, inclusive concursos de textos teatrais. Mestrando em psicologia da Educação. Escreveu o livro “Eu preciso de um Hulk” que se transformou em peça homônima

Coluna

Súditos e reis

"O povo está vestido, mas sempre haverá um rei nu"

Dia Nacional da Língua Portuguesa, grande efeméride, em vinte e um de maio, e nós seguimos daqui e dacolá, bem no rumo das notícias, dos fatos; que cercam nossas almas.

Nossa língua, nossa rainha, nossa expressão, nossa liberdade. Será que nossa sociedade é livre? Já fomos súditos reais de uma Monarquia escravocrata, e com religião oficial. E não queremos coroar uma “lingue”.

Cassações, prisões e desigualdades. O palco está ativo, o pano desce e sobe em um frenesi de emoções. Tantas vidas perdidas ficaram ao léu… debaixo dos céus antigos, medievais, modernos e contemporâneos.

Tanto sangue derramado, apesar dos tratados e acordos. Por exemplo, o Irã perdeu seu rei (seu presidente), estão tristes. Há estudos mais profundos da governabilidade: por sociólogos e filósofos, e nós sobrevivemos sob impacto de reis bons e maus, e seguimos na condição de súditos do medo, da fome, e da dor. Vide a tragédia no Rio Grande do Sul.

“Moro é acusado pelo PT e pelo PL de abuso de poder econômico nas eleições de 2022. Os partidos alegam que o hoje senador levou vantagens sobre seus concorrentes ao se declarar como pré-candidato à Presidência meses antes da campanha oficial e que teve gastos acima do permitido para quem disputou uma vaga ao Senado”. Deu acordão?

Ser um súdito do Sistema não deve ser fácil. Servir aos interesses da burguesia, do imperialismo é reinar ao lado da crueza. Os reis fracos, os reis fortes, os ditadores, os Homens morrem; até aqueles que oprimem de forma torpe os seus concursados: “Fiz uma comprinha que não encheu nem um carrinho, deu 730 reais… Estão matando os professores aos poucos com esse salário!”

A realidade expressa acima é o raio-x correto da realidade do professor do Estado do RJ. Quem é o “rei” do Estado em questão?

“O desfecho do julgamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), que investiga possível abuso de poder econômico e político do governador Cláudio Castro (PL) ao longo de 2022, ainda deve demorar para acontecer.

Na última sexta-feira (17), o relator dos processos que investigam possíveis desvios no Ceperj e na Uerj votou pela cassação dos mandatos do governador Cláudio Castro, do vice, Thiago Pampolha, e do presidente da Alerj, deputado Rodrigo Bacellar.”

O POVO ESTÁ VESTIDO, MAS SEMPRE HAVERÁ UM REI NU.

* A opinião dos colunistas não reflete, necessariamente, a opinião deste Diário

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.