Universidade de Férias

Uma cozinha militante no Acampamento da AJR

“Juventude revolucionária não pensa com estômago vazio”

O curso “O que é o marxismo e o que não é “, da Universidade de Férias do PCO, no Pico do Jaraguá, que será ministrado hoje (03/07) pelo companheiro Rui costa Pimenta, suscita a polêmica defesa incondicional dos povos oprimidos pelo capitalismo.
A comissão organizadora do Acampamento da Aliança da Juventude Revolucionária deu sua atenção especial à alimentação que oferece a todos os participantes do evento.

“Juventude Revolucionária não pensa de estômago vazio”, foi a frase que ouvimos da Chef de cozinha, Selma Macário de Oliveira, 60 anos – 20 deles dedicados como profissional – que está trabalhando na cozinha para alimentar os participantes do acampamento.
Após servir macarrão à romanesca – molho branco – no almoço de domingo, (com uma variante de molho de tomate para os que não podem com molho branco) Selma parte para o preparo de salgadinhos (quibe, coxinhas, bolinhas de queijo) e o seu tão esperado bolo de chocolate.

Paranaense de Cascavel, é militante do PT, e afirma: “Sou petista e brigo quando é preciso. Defendo o que acredito, sou fã do Zé Rainha.”
Selma contou-nos em breve entrevista, enquanto cozinhava, que chegou à capital paulista aos 16 anos, tem três filhos, (uma perdeu a vida pela COVID ) e uma bisneta.

Mestre de capoeira regional, ela diz que a luta é só na política, que é normal que partidos de esquerda como o PCO sejam agressivos: “Somos tranquilos até a página 2″, complementa.

Ao ser questionada sobre a personalidade do atual presidente e o começo desse terceiro governo, Selma resume: “Não aceito tudo o que Lula faz, mas aceito que é homem raçudo, muito superior à maioria dos políticos. Sou do Sul, sabemos nos desviar de balas de fazendeiros latifundiários também.”

Além disso, ela nos contou curiosidades sobre seu ofício. No último dia das mães, diz ela, cozinhou para 800 pessoas, e lembra ter recebido visitas de clientes milionários nas cozinhas por onde trabalhou e, com peculiar timidez, rejeitar numerosas somas de dinheiro de gorjeta.
Apesar de refinado ofício, sua “lida” é desgastante, comenta. A cozinheira militante no acampamento, inicia seu trabalho ininterrupto por volta das 10 horas e o encerra por volta das 16h30.

Nesta segunda, no cardápio do Acampamento de Férias, a Juventude da Aliança Revolucionária do PCO saboreará seu “ virado à paulista”, um prato bastante elaborado, antecipa Selma: “ Como sei que virão muitas pessoas, as bistecas serão assadas na churrasqueira”.
Hoje, às 14 horas, os participantes do Acampamento vão acompanhar a primeira aula do curso, com Rui Costa Pimenta. Ainda dá tempo de participar, a atividade vai até o dia 7, sexta-feira. Acesso o site e se inscreva:

Home

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.