Sabotadores em ação

Tirar do ministério quem defende a “sacanagem” da Eletrobras

Contra a politica da direita golpistas, defendida pelo ministro, é preciso mobilizar os trabalhadores.

Alexandre Silveira

O governo Lula – eleito pela maioria dos trabalhadores e suas organizações de luta – vem sofrendo uma intensa sabotagem por parte de elementos “aliados” que não cumprem outro papel a não ser “puxar para trás”, comprometendo as ações do governo.

O Presidente Lula, em entrevista à TV 247, em março último, foi enfático, dizendo que a privatização da Eletrobrás foi uma “bandidagem”.  Em vários discursos se referiu as armadilhas aprovadas por Bolsonaro e pelo Congresso na privatização como sendo “sacanagens”.

Enquanto Lula, a CUT, os sindicatos e toda esquerda combativa defendem a soberania energética do país, o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, ministro das Minas e Energias, dentre outros setores que cotidianamente sabotam as ações  do governo, sequer cogitam, ainda que remotamente a possibilidade de reverem decisões adotadas no governo anterior, particularmente aquelas que atacam a soberania nacional, como as privatizações e outras medidas. Lira e Pacheco duelam para ver quem abocanha de forma mais voraz os nacos da administração pública. 

O ministro – chefe da pasta de um dos ministérios mais estratégicos da Esplanada – participou de um evento em São Paulo, no último dia 15 e declarou que “o assunto está vencido”.  

Lula, que na mesma entrevista havia dito com toda ênfase, que “O governo vai voltar a ser dono da Eletrobrás”, acrescentou que a privatização do setor elétrico nacional foi “crime de lesa-pátria”.

O governo, através da AGU (Advocacia Geral da União), impetrou ação no STF, pedindo que o Supremo Tribunal Federal (STF) equipare seu poder de voto, que representa cerca de 10% proporcional ao do seu capital acionário, que é de 43% da companhia. Fato que é, sendo bem comedido nas palavras, um completo absurdo; inaceitável sob todos os aspectos.

Contra a politica da direita golpistas, defendida pelo ministro, é preciso mobilizar os trabalhadores.

Além da defesa da reestatização da Eletrobras, é preciso se colocar pelo Fora Alexandre Silveira, privatizados, golpista e sabotador do governo.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.