Francisco Weiss

Militante do PCO em São Paulo. Juntou-se ao partido em 2018, em meio à campanha da luta contra o golpe e pelo “Fora Bolsonaro”. É membro da coordenação do Grupo por uma Arte Revolucionária Independente (GARI), além de dirigente do PCO em São Paulo. Apresenta de segunda a sexta o programa Reunião de Pauta na COTV e outros programas do Canal e também da Rádio Causa Operária.

Coletivo de Cultura

Saiu a revista Breton nº 16!

O GARI (Grupo por uma Arte Revolucionária Independente) acaba de publicar a 16ª edição de sua revista mensal. Adquira já com um militante do PCO!

Acaba de ser impressa a décima sexta edição da revista Breton. A publicação é fruto do trabalho dos militantes e ativistas do coletivo de artistas e de admiradores da cultura do Partido da Causa Operária, o GARI (Grupo por uma Arte Revolucionária Independente).

Como já é habitual nas edições da Breton, a capa procura homenagear algum artista cujo trabalho tenha sido importante para impulsionar a produção de cultura da humanidade como um todo. No caso da última edição, o homenageado é o pintor cubista, Pablo Picasso, cuja morte completou 70 anos no último mês de abril.

A matéria a respeito dele procura mostrar a importância de suas inovações técnicas e de conteúdo, também mencionando os diversos acontecimentos de sua vida, como a sua vivência política – a breve passagem pelo Partido Comunista na França. Como um dos mais importantes representantes da arte de vanguarda europeia do Século XX, Picasso demonstra que não deve haver amarras nas artes e a importância de se ir contra os modelos pré-estabelecidos.

Também há uma matéria relatando a caçada dos identitários contra Picasso. Acusando-o de ter maltratado mulheres em vida, procuram fazer com que toda a sua obra seja “cancelada” e atacam seu legado. Para os identitários, é preciso fazer uma campanha de dura oposição contra qualquer forma de cultura humana, o caso Picasso é um desses.

Outro tema abordado é a pintura de Wilfredo Lam, pintor cubano que viveu durante o século XX e cuja obra, que mistura modernismo europeu com influências da cultura caribenha, sua originalidade é algo sem igual.

Outros diversos temas são abordados na revista, para adquiri-la, basta entrar em contato com algum companheiro do Partido da Causa Operária ou com algum ativista do Gari. Os artistas e admiradores da arte devem se dedicar à luta política com a intensidade com que se dedicam às artes. Apenas a revolução irá libertar a produção artística das amarras do capitalismo decadente.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.