SAF é roubo

SAF não é modernização, é privatização

Os defensores do SAF, afirmam que os clubes e o futebol precisas ser modernizados, palavra bonita para escamotear a palavra privatizar.

A chamada SAF nos últimos anos, principalmente após a pandemia quando o futebol praticamente parou no mundo todo jogando no fundo do poço a maioria dos clubes, vem ganhando força no Brasil a onda para que os clubes virem empresas.

Diante da crise financeira que se abateu sobre os clubes brasileiros, cuja origem se deu pela falta de arrecadação advinda da realização dos campeonatos, clubes de grandes torcidas, a exemplo do Cruzeiro,  da noite para o dia viram-se com a corda no pescoço, sem dinheiro até para pagar os funcionários da limpeza.

Nessa situação surge os misteriosos salvadores da pátria, na figura do ex-jogador de futebol, Ronaldo (Fenômeno), qual a solução apresentada? SAF, transformar um dos times mais tracionais do futebol brasileiro em uma empresa. Trocando em miúdos: vender o clube para os tubarões capitalistas.

Como é de praxe em qualquer capitalista que se preze, compraram o clube na bacia das almas, o clube, sem recursos e todo endividado, não teve outra opção senão abraçar o capeta. Antes tiveram que convencer a torcida de que o clube estaria fazendo um ótimo negócio, para isso se utilizou da imprensa burguesa. Com tamanha campanha a torcida foi enganada e por fim caiu no conto do vigário.

Mas porque o SAF é ruim?

Pelo mesmo motivo que privatizar o metrô é ruim, privatizar a Petrobrás é ruim, etc.

Os clubes pertencem aos torcedores, foram construídos e administrados por eles desde o seus primórdios, cada campinho, estádio, sede campestre, clube, foram levantados pela força e trabalho dos seus fieis torcedores. E tudo isso agora é vendido a preço de banana, isso mesmo, banana, porque o valor imaterial de um clube de futebol é incalculável.

O que está por trás de tudo isso ninguém conta, que é o interesse dos imperialistas em acabar com o futebol brasileiro tal qual o conhecemos, além do interesse estritamente financeiro, que é ganhar dinheiro usando nossos jogadores, existe também a intenção inconfessa de acabar com o estilo brasileiro de jogo.

Com o SAF o clube tem dono, donos estrangeiros, que vão ditar as regras de como o clube e o seu futebol devem funcionar, a torcida, essa só servirá para pagar ingresso caro, se quiser assistir o jogo no campo, mas preferencialmente pela TV paga.

Os defensores do SAF, afirmam que os clubes e o futebol precisam ser modernizados, palavra bonita para escamotear a palavra privatizar.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.