Editorial

Rússia fortalece relação com países do Oriente Médio

Encontro de Putin com líderes do Oriente Médio, incluindo Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita e Omã, reforça o fortalecimento político e econômico da Rússia na região

Desde a realização da “Operação Dilúvio Al-Aqsa” pelo grupo político HAMAS em 7 de outubro, Israel intensificou exponencialmente os ataques militares contra a Palestina. Mesmo com a perda de mais de 17.000 vidas palestinas, incluindo metade de crianças, a guerra tem se mostrado um desafio para Israel, tanto politicamente, devido à reação negativa global, quanto militarmente, enfrentando a resistência do HAMAS.

O enfraquecimento de Israel não passa despercebido, assim como o enfraquecimento do domínio dos EUA na região. Além disso, considerando o insucesso da guerra dos Estados Unidos na Ucrânia, Vladimir Putin, presidente russo, aproveita-se da fragilidade dos EUA para fortalecer sua influência no Oriente Médio. A reunião de cinco horas entre Vladimir Putin e o presidente iraniano, Ebrahim Raisi, no Kremlin, destaca a busca ativa de alianças na região.

Moscou e Teerã, ao longo dos anos, consolidaram laços sólidos, impulsionando suas economias. A cooperação em setores como energia e educação demonstra um bom momento entre Rússia e Irã, ampliando o comércio bilateral para US$ 5 bilhões, um aumento de 20% no último ano. Os líderes não deixaram de discutir sobre a guerra em curso na Palestina.

O encontro de Putin com líderes do Oriente Médio, incluindo Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita e Omã, reforça o fortalecimento político e econômico da Rússia na região. O presidente russo, ao sobrevoar o Irã, evidencia a flexibilidade de suas ações em meio à mudança de dinâmicas geopolíticas do momento. Durante as conversas com o líder iraniano, Putin brincou que havia considerado visitar Teerã na quarta-feira (6) após passar pela Arábia Saudita e pelos Emirados Árabes Unidos, dizendo que sobrevoou o Irã a caminho de casa e pensou que poderia simplesmente pousar em Teerã e se encontrar com Raisi lá.

A Rússia emerge como um ator chave, capitalizando nas oportunidades criadas pela instabilidade na região. O equilíbrio de poder no Oriente Médio está em transformação, e o fortalecimento das relações dos países árabes com a Rússia consequentemente os afasta das relações impositivas e dominadoras dos Estados Unidos no Oriente Médio.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.