Ditadura

Rússia denuncia perseguição de Kiev à Igreja Ortodoxa

"Desde o início da operação militar especial, testemunhamos um ataque frontal a tudo o que é russo no exterior. Esse processo negativo também não poupou a Igreja Ortodoxa Russa"

* Sputnik News

A perseguição de Kiev à Igreja Ortodoxa pode resultar no maior conflito intraconfessional da história moderna da Europa, segundo representante do Ministério das Relações Exteriores da Rússia em entrevista à Spuntik.

“Em uma recente reunião do Conselho de Segurança da ONU, chamamos a atenção para as consequências ameaçadoras da política estatal de Kiev de perseguição à ortodoxia canônica, que pode levar ao maior conflito intraconfessional da história moderna da Europa”, disse Gennady Askaldovich, representante especial do MRE russo para cooperação no campo da observância da direito à liberdade de religião.

Askaldovich acrescentou que o Ocidente lançou um grande ataque contra tudo o que é russo, incluindo representantes da Igreja Ortodoxa Russa.

Em janeiro, o embaixador russo na ONU, Vassily Nebenzya, disse em uma reunião do Conselho de Segurança da ONU que a Rússia tinha informações sobre uma série de iniciativas na Ucrânia destinadas à liquidação completa da Igreja Ortodoxa Ucraniana canônica. O presidente do Departamento de Relações Externas da Igreja Metropolitana de Volokolamsk, Anthony (Sevryuk), disse na reunião que processos criminais contra bispos e padres da Igreja Ortodoxa Ucraniana foram lançados por Kiev.

Desde o início da operação militar especial, testemunhamos um ataque frontal a tudo o que é russo no exterior. Esse processo negativo também não poupou a Igreja Ortodoxa Russa. Seus representantes em vários países hostis, bem como clérigos de igrejas, foram submetidos a severa pressão moral e psicológica”, disse Askaldovich.

Ele observou que os padres ortodoxos são forçados a condenar inequivocamente a operação militar de Moscou na Ucrânia e a política do presidente russo, Vladimir Putin, a cortar relações com a Igreja Ortodoxa Russa e a apoiar a igreja da Ucrânia.

Em 2022, as autoridades ucranianas desencadearam a maior perseguição contra a Igreja Ortodoxa Ucraniana na história moderna do país. Citando sua conexão com a Rússia, as autoridades em várias regiões da Ucrânia proibiram as atividades da igreja. Um projeto de lei estipulando a proibição de fato da igreja na Ucrânia foi submetido ao parlamento do país.

* Os artigos reproduzidos não expressam, necessariamente, a opinião deste diário

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.