Série B

Rebaixamento abre portas para privatização do Santos

O time que revelou o Rei do Futebol pode cair nas mãos do imperialismo

Na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2023, disputado no dia 6, o Santos, um dos maiores times da história do futebol nacional, foi rebaixado para a Série B pela primeira vez em sua história.

Nos últimos anos, como parte de seu ataque ao futebol brasileiro, a burguesia vem rebaixando times históricos do esporte nacional, caso do Botafogo e do Vasco, para ter uma desculpa para privatizá-los. Quando não conseguem rebaixar o clube, instauram uma crise gigantesca, piorando seu desempenho ao longo do tempo.

O rebaixamento do Santos, nesse sentido, abre as portas para esse tipo de manobra: o time que revelou o Rei do Futebol pode cair nas mãos do imperialismo. Tanto é que o tucano João Dória, ex-governador de São Paulo, afirmando que esse é o pior momento da história do clube, disse que a principal solução para as dívidas do Peixe é a adesão à Sociedade Anônima do Futebol (SAF) – ou seja, a privatização do clube.

O caderno de esportes do portal global ge, em artigo intitulado Opinião: rebaixamento do Santos foi um projeto (bem executado) de longuíssimo prazo (Yago Rudá, 8/12/2023), afirma que a culpa para o rebaixamento do time paulista é das gestões anteriores que atolaram o clube em dívidas multimilionárias. “O processo de queda, no entanto, não foi construído apenas ao longo deste trágico ano de 2023, e sim durante sucessivas temporadas de más gestões”, diz o artigo de ge.

A matéria em questão não diz abertamente que o desempenho do Santos é positivo para os capitalistas – apesar de que é isso que a imprensa burguesa sente. Todavia, o artigo mostra que houve justamente um planejamento por trás da destruição do clube.

Além da questão financeira, por exemplo, o presidente do Santos em 2020 tirou Fernando Diniz do cargo de técnico do time para colocar Fábio Carille no lugar. De um lado, o técnico que garantiu o primeiro título da Libertados para o Fluminense, um homem de extrema competência. Do outro, um treinador que, apesar de brasileiro, está jogando atualmente no Japão.

É preciso aguardar quais serão os próximos passos da burguesia em seu ataque violento ao futebol brasileiro. É certo, no entanto, que o interesse dos capitalistas em privatizar um dos maiores times da história é enorme e, ao lado disso, as condições estão dadas para fazê-lo. A única coisa que pode barrar isso, agora, é a força da mobilização da torcida do Peixe.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.